Negócios

Kraft Heinz supera estimativas de lucro e receita após elevar preços

As vendas nos Estados Unidos, o maior mercado da empresa, superaram a estimativa média dos analistas, de 4,43 bilhões de dólares

Kraft Heinz: empresa ainda espera que as vendas orgânicas no segundo semestre sejam maiores que no primeiro (Oli Scarff/Getty Images)

Kraft Heinz: empresa ainda espera que as vendas orgânicas no segundo semestre sejam maiores que no primeiro (Oli Scarff/Getty Images)

R

Reuters

Publicado em 3 de agosto de 2018 às 16h04.

A Kraft Heinz superou as estimativas de lucro e receita trimestrais nesta sexta-feira, conforme a fabricante elevou os preços dos produtos e registrou vendas acima do esperado nos Estados Unidos pela primeira vez em vários trimestres.

Muitas empresas de alimentos embalados foram forçadas a elevar os preços nos últimos meses para combater a alta em commodities e custos de transporte. Os preços haviam sido reprimidos por uma concorrência acirrada entre varejistas e mudanças nos hábitos alimentares dos consumidores.

A Kraft Heinz, controlada pela 3G Capital e pela Berkshire Hathaway, vem tentando provar que pode crescer através da inovação de produtos e investimento em comércio eletrônico e startups de alimentação.

Brittany Weissman, analista da consultoria de investimentos Edward Jones, disse que os resultados desta sexta-feira indicam que os investimentos da Kraft Heinz podem finalmente estar mostrando resultados, apesar do ceticismo do mercado.

As vendas nos Estados Unidos, o maior mercado da empresa, superaram a estimativa média dos analistas, de 4,43 bilhões de dólares.

A companhia ainda espera que as vendas orgânicas no segundo semestre sejam maiores que no primeiro, mas alertou que os lucros agora seriam divididos igualmente em ambas as metades devido aos gastos com investimentos comerciais e custos de insumos persistentemente maiores.

"Principalmente em frete e transporte, embalagens, resinas e papelão, bem como risco tarifário que atualmente afeta os custos de folhas e alumínio nos EUA e certos produtos que vendemos no Canadá", disse o diretor financeiro David Knopf a analistas.

A empresa ainda espera que o lucro líquido ajustado em moeda corrente melhore até o final do ano e ganhe impulso em 2019, acrescentou.

Acompanhe tudo sobre:AlimentosEmpresasKraft HeinzResultado

Mais de Negócios

A empresa inglesa que inventou a retroescavadeira vai investir R$ 500 milhões no Brasil — veja onde

Fórmula secreta? Como a Disney reinventou sua gestão financeira para continuar no topo

Depois de faturar R$ 300 milhões no Brasil, a Asper quer combater crimes digitais nos Estados Unidos

Em masterclass gratuita, Marcelo Cherto ensina o passo a passo para abrir uma franquia de sucesso

Mais na Exame