Justiça livra CBS de multa por mostrar seio de Janet Jackson

A comissão que regula as redes de televisão aberta e as emissoras de rádio dos EUA havia solicitado uma multa de 550.000 dólares contra a emissora

Washington - A justiça americana anunciou nesta quarta-feira a liberação da rede de TV local CBS do pagamento de multa pela exibição do seio da cantora Janet Jackson durante a transmissão do SuperBowl de 2004.

A Comissão Federal de Comunicações (FCC), que regula as redes de televisão aberta e as emissoras de rádio, havia solicitado uma multa de 550.000 dólares contra a CBS.

A juiza Marjorie Rendell disse que o caso "confirma a decisão precedente de que a FCC atuou arbitrariamente neste assunto".

"A CBS não pode ser considerada responsável, ao menos que tenha difundido este episódio considerado indecente de forma consciente e deliberada, o que não parece ser o caso", concluiu.

A decisão pode sofrer uma nova apelação ante a Corte Suprema de Justiça.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.