Justiça libera dinheiro para TelexFREE quitar hotel no Rio

Decisão da 2ª Vara de RIo Branco não anula bloqueio de bens e suspensão de atividades decretados em junho

	Best Western TelexFREE Tijuca: hotel não chegou a sair do papel, mas rendeu prejuízo à TelexFREE
 (Reprodução/Youtube)
Best Western TelexFREE Tijuca: hotel não chegou a sair do papel, mas rendeu prejuízo à TelexFREE (Reprodução/Youtube)
S
Saulo Pereira GuimarãesPublicado em 21/10/2013 às 11:21.

São Paulo – Sumida do noticiário nos últimos dias, a TelexFREE volta a ser notícia. Tudo por conta de uma decisão da 2ª Vara da comarca de Rio Branco (AC), que determinou a liberação de parte do dinheiro da companhia para pagar dívidas relativas à construção de um hotel no Rio.

Localizado na Tijuca, na zona norte da cidade, o Best Western TelexFREE é fruto de um contrato de 16 milhões de reais assinado em outubro de 2012 entre a incorporadora Tijuca Design Hotel e a Telex FREE.

Mesmo com o pagamento à incorporadora, a empresa segue com os bens bloqueados e as atividades suspensas - como requeriu em junho o Ministério Público do Acre. Por conta da medida, a empresa terminou ficando sem dinheiro para quitar o hotel e outros compromissos – acumulando uma dívida total de 30 milhões de reais.

A empresa que vende pacotes de sistema de comunicação VoiP é acusada pela justiça de formação de pirâmide financeira.

(texto atualizado em 21/10/2013 às 12h20)