Negócios

Johnson & Johnson lucra mais que o esperado no 3º trimestre

A Johnson & Johnson registrou lucro líquido de US$ 3,67 bilhões, uma alta de 3,2% em relação ao mesmo período de 2020

As vendas totais da empresa subiram de US$ 21,082 bilhões (David Benito/Getty Images)

As vendas totais da empresa subiram de US$ 21,082 bilhões (David Benito/Getty Images)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 19 de outubro de 2021 às 09h43.

Última atualização em 19 de outubro de 2021 às 09h51.

A Johnson & Johnson (J&J) apurou lucro líquido de US$ 3,67 bilhões no terceiro trimestre de 2021, uma alta de 3,2% em relação a igual período de 2020, segundo informou a empresa em balanço corporativo divulgado nesta terça-feira, dia 19. O resultado equivale a um ganho por ação ajustado de US$ 2,60, superando a previsão de analistas consultados pela FactSet, de US$ 2,35.

De acordo com o documento, as vendas totais da empresa subiram de US$ 21,082 bilhões entre julho e setembro do ano passado a US$ 23,338 bilhões no mesmo intervalo do exercício atual. Neste caso, o saldo ficou ligeiramente abaixo do consenso do mercado, de US$ 23,642 bilhões.

Os ganhos da companhia foram impulsionados pela divisão farmacêutica, embalada pelas vendas da vacina contra o coronavírus, embora o produto seja comercializado sem objetivo do lucro. Nessa área, as vendas totais se elevaram 13,8% na base comparativa em questão. Por volta das 7h41 (de Brasília), a ação da J&J avançava 1,70% no pré-mercado da Bolsa de Nova York.

Acompanhe tudo sobre:BalançosJohnson & Johnson

Mais de Negócios

Problemas complexos estão travando a sua empresa? Veja 5 dicas para gerenciá-los

Ele vendia trufas e hoje fatura R$ 80 milhões com a maior rede de pilates da América Latina

Ronaldo pode vender clube espanhol por um quarto do valor embolsado com o Cruzeiro

Mora no exterior e quer doar recurso ao RS? Agora é possível através destas instituições financeiras

Mais na Exame