Negócios

JBS anuncia doação de 1 milhão de quilos de proteína aos desabrigados no Rio Grande do Sul

Doação será distribuída nas 590 cozinhas solidárias que atendem aos desabrigados pelas chuvas no Rio Grande do Sul

Doação JBS: anúncio foi feito em reunião do agronegócio com presidente Lula (JBS/Divulgação)

Doação JBS: anúncio foi feito em reunião do agronegócio com presidente Lula (JBS/Divulgação)

Isabela Rovaroto
Isabela Rovaroto

Repórter de Negócios

Publicado em 28 de maio de 2024 às 10h47.

Tudo sobreNegócios em Luta RS
Saiba mais

A processadora de alimentos JBS anunciou a doação de 1 milhão de quilos de proteína para o preparo de mais de 6 milhões de refeições nas 590 cozinhas solidárias que atendem aos desabrigados pelas chuvas no Rio Grande do Sul. O anúncio ocorreu após reunião entre representantes do agronegócio brasileiro e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na última segunda-feira, 27.

O CEO global da JBS, Gilberto Tomazoni, e os conselheiros Wesley Batista e Joesley Batista participaram da reunião. A companhia também disponibilizou sua estrutura logística para apoiar a distribuição das doações de outras empresas do setor.

“O Rio Grande do Sul é um estado de extrema importância para a JBS e, desde o início dessa tragédia, a empresa esteve mobilizada para prover doações de itens essenciais para assistência aos afetados pelas chuvas. Mais uma vez, reforçamos nosso compromisso não apenas com nossos colaboradores gaúchos, mas com a população do estado”, diz Tomazoni.

A doação anunciada nesta semana faz parte de uma série de medidas adotadas pela JBS em prol das vítimas das enchentes. Dos 497 municípios gaúchos, 469 foram afetados pela chuva, e mais 2,3 milhões de pessoas foram atingidas. Cerca de 55 mil pessoas estão em abrigos temporários.

No início deste mês, a companhia antecipou o 13º salário de seus colaboradores do estado. Cerca de 15 mil funcionários foram contemplados, injetando mais de R$ 30 milhões na economia local.

A empresa também doou 70 toneladas de alimentos, mais de 450 mil litros de água e 3 mil colchões e cobertores. Além disso, a JBS organizou uma campanha de arrecadação interna entre seus colaboradores em todo o Brasil, por meio da qual foram arrecadadas 240 toneladas de doações.

A Flora, empresa de higiene pessoal e limpeza do Grupo J&F, doou 1 milhão de itens de higiene pessoal para os desabrigados. A empresa de pagamentos digitais PicPay, também do grupo, promoveu campanhas de doação que arrecadaram R$ 2 milhões.

Negócios em Luta

A série de reportagens Negócios em Luta é uma iniciativa da EXAME para dar visibilidade ao empreendedorismo do Rio Grande do Sul num dos momentos mais desafiadores na história do estado. Cerca de 700 mil micro e pequenas empresas gaúchas foram impactadas pelas enchentes que assolam o estado desde o fim de abril.

São negócios de todos os setores que, de um dia para o outro, viram a água das chuvas inundar projetos de uma vida inteira. As cheias atingiram 80% da atividade econômica do estado, de acordo com estimativa da Fiergs, a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul.

Os textos do Negócios em Luta mostram como os negócios gaúchos foram impactados pela enchente histórica e, mais do que isso, de que forma eles serão uma força vital na reconstrução do Rio Grande do Sul daqui para frente. Tem uma história? Mande para negociosemluta@exame.com.

Leia mais

Acompanhe tudo sobre:JBSNegócios em Luta RSRio Grande do Sul

Mais de Negócios

De vencedora a vencida: como a Blockbuster foi desbancada pela Netflix com uma estratégia financeira

Empresa que começou vendendo máquina de escrever compra startup de IA pra faturar R$ 715 milhões

O Brasil ainda não é um consenso para os investidores globais, afirma Bank of America

Em live relâmpago da WePink, Virgínia vende R$ 4,6 milhões em 20 minutos

Mais na Exame