Negócios

Irmãos Rossi desfazem aliança no grupo de controle da Rossi

Edmundo Rossi deixou grupo que detinha maior parte das ações da companhia por conflito de interesse


	Rossi: Edmundo Rossi sai do grupo de controle indireto da construtora
 (Divulgação)

Rossi: Edmundo Rossi sai do grupo de controle indireto da construtora (Divulgação)

Daniela Barbosa

Daniela Barbosa

Publicado em 6 de junho de 2013 às 11h12.

São Paulo – A Rossi anunciou que Edmundo Rossi, irmão de João Rossi, fundador da construtora e incorporadora, deixou  controle indireto da companhia em função de conflitos de interesse.

Edmundo detém 5,2% das ações e junto com o irmão, que tem 16,2%, mantinham um grupo com a maior parte dos papéis da empresa. A construtora, no entanto, não possui um controlador com mais de 50% de participação..   

Por meio de carta enviada aos executivos da Rossi, Edmundo afirmou que está saindo do controle indireto da construtora "para evitar potenciais conflitos de interesses entre as atividades que a nova unidade Rossi Commercial Properties pretende desenvolver e suas atividades pessoais no mesmo segmento de negócio".

Segundo comunicado da Rossi, a partir de agora Edmundo continua com suas ações, mas passa a ter objetivo estritamente de investidor da companhia. Já João Rossi vai dar andamento ao seu compromisso com a construtora e confiança nas perspectivas futuras do negócio. O empresário é também presidente do conselho da Rossi.
 

Acompanhe tudo sobre:Construção civilConstrutorasControle familiarEmpresasgestao-de-negociosRossi

Mais de Negócios

Apple mantém diálogos com concorrente Meta sobre IA

30 franquias baratas para começar a empreender a partir de R$ 9.500

Empreendendo no mercado pet, ele saiu de R$ 50 mil para R$ 1,8 milhão. Agora, aposta em franquias

Ele quer chegar a 100 lojas e faturar R$ 350 milhões com produtos da Disney no Brasil

Mais na Exame