A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

Investigada, Tesco pode parar às vésperas do natal

Segundo maior varejista do mundo pode ter “parada operacional” por confisco de laptops dos executivos

São Paulo – Uma paralização ameaça as operações de natal da Tesco, que está sob investigação contábil.

Executivos da companhia estão sendo interrogados por inflar os lucros de janeiro a junho em 250 milhões de libras, ou 319 milhões de euros. A empresa revisou os lucros de janeiro a junho, de 1,4 bilhão para 1,1 bilhão de euros, depois que a diferença foi descoberta.

Por conta da investigação, os executivos deverão entregar os seus computadores e congelar reuniões. Isso prejudicaria a operação de natal, uma das mais complexas para varejistas. 10 dos principais executivos da rede varejista foram demitidos, suspensos ou rebaixados. 

Em nota, o analista Mike Dennis, da consultoria Cantor Fitzgerald, afirmou: “A investigação forense pode, na nossa visão, criar uma paralização operacional para Tesco, antes da operação de natal. Por isso, acreditamos que a capacidade de operar da Tesco pode ser comprometida em um período crítico.”

A empresa enfrenta uma das maiores crises de sua história, depois que Dave Lewis, o novo presidente, descobriu uma diferença de 250 milhões de libras no lucro estimado do primeiro semestre.

A investigação interna está sendo conduzida pela firma de contabilidade Deloitte e pelo escritório de advocacia Freshfields.

Além da diferença de lucro, o presidente anterior, Philip Clarke, também está sendo investigado pelos contratos feitos com fornecedores.

Segundo análise da One City, a estratégia agressiva do varejista para fechar negócios com seus fornecedores era conhecida pelo presidente anterior. 

A Tesco é o maior supermercado do Reino Unido e a segunda maior do mundo. A rede tem 28,8% do mercado no Reino Unido, de acordo com a analista de varejo Kantar Worldpanel.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também