Negócios

Investidores tiram US$10 bi da Pimco com saída de Bill Gross

Gross administrava o fundo Pimco Total Return, maior fundo de bônus do mundo, com 222 bilhões de dólares


	Pimco: saída de Bill Gross teve um impacto imediato sobre a companhia de investimentos
 (Divulgação)

Pimco: saída de Bill Gross teve um impacto imediato sobre a companhia de investimentos (Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 29 de setembro de 2014 às 08h38.

Nova York - A saída de Bill Gross da empresa de investimentos Pimco teve um impacto imediato sobre a companhia, uma vez que investidores retiraram cerca de 10 bilhões de dólares na sequência do anúncio, publicou o Wall Street Journal, citando uma fonte familiarizada com o tema.

As retiradas eram amplamente esperadas após a saída de Gross, um dos co-fundadores da empresa, que anunciou sua saída na sexta-feira.

Gross administrava o fundo Pimco Total Return, maior fundo de bônus do mundo, com 222 bilhões de dólares.

Na sexta-feira, o analista da Morningstar Vincent Lui estimou que a saída de Gross poderia levar investidores a retirar centenas de bilhões de dólares em ativos da Pimco e investi-los com o Janus Capital Group, empresa da qual Gross passou a fazer parte.

Investidores já retiraram quase 70 bilhões de dólares do principal fundo mútuo de Gross de maio de 2013 a agosto de 2014, segundo dados da Morningstar, reduzindo os ativos do fundo de um pico de 292,9 bilhões de dólares, registrado em abril de 2013.

Acompanhe tudo sobre:Bill GrossInvestimentos de empresasPimco

Mais de Negócios

11 franquias baratas para trabalhar sem funcionários a partir de R$ 2.850

Inteligência Artificial no Brasil: inovação, potencial e aplicações reais das novas tecnologias

Mundo sem cookies: as big techs estão se adequando a uma publicidade online com mais privacidade

Ligadona em você: veja o que aconteceu com a Arapuã, tradicional loja dos anos 1990

Mais na Exame