Hydro vai começar a parar metade da Alunorte em abril, dizem fontes

Maior refinaria de alumina do mundo foi forçada a cortar metade de sua produção por uma ordem judicial depois de alegações sobre um vazamento

São Paulo - A refinaria Alunorte, no Norte do Brasil, da Norsk Hydro, começará a paralisação completa de três das setes linhas de produção de alumina em duas semanas para preservar a sua capacidade a longo prazo, disseram duas fontes familiarizadas com a questão nesta terça-feira.

A maior refinaria de alumina do mundo foi forçada a cortar metade de sua produção por uma ordem judicial no mês passado depois de alegações sobre um vazamento tóxico.

O processo de parada de várias linhas aumentou as escalas e sedimentos, colocando o equipamento em perigo, forçando a empresa a paralisá-las completamente se a ordem judicial não for suspensa, disseram as fontes na condição de anonimato.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.