Acompanhe:
seloNegócios

GPA faz parceria com Raia Drogasil para programa de fidelidade

Pelo acordo, o varejista de alimentos terá participação de 66,7% na joint venture e a rede de drogarias ficará com os 33,7%

Modo escuro

Continua após a publicidade
GPA e Raia Drogasil: empresas firmaram acordo para nova joint venture (Nacho Doce/Sergio Moraes (Reuters)/Exame)

GPA e Raia Drogasil: empresas firmaram acordo para nova joint venture (Nacho Doce/Sergio Moraes (Reuters)/Exame)

R
Reuters

Publicado em 27 de novembro de 2019 às, 19h42.

São Paulo — O varejista de alimentos Grupo Pão de Açúcar (GPA) firmou nesta quarta-feira um acordo com a rede de farmácias RD para criação de um programa de fidelidade que deve iniciar as operações no segundo semestre de 2020.

Pelo acordo, que ainda depende de aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), o GPA terá participação de 66,7% na joint venture, enquanto a RD ficará com os 33,7% remanescentes.

Batizado de Stix Fidelidade, o novo programa visa ampliar a base de clientes de ambas as companhias, bem como a frequência de compras, disse nesta quarta-feira o diretor-presidente do GPA, Peter Estermann.

"Temos confiança absoluta de que esta será a maior parceria de fidelidade do varejo porque já nascemos presentes em 23 Estados brasileiros e com mais de 3 mil lojas físicas como pontos de resgate", afirmou Estermann.

Inicialmente, participantes poderão acumular pontos em compras nas lojas das bandeiras Extra e Pão de Açúcar, além das unidades Drogasil e Droga Raia, disse o presidente da RD, Marcílio Pousada.

Ambos os executivos evitaram entrar em detalhes sobre quanto cada empresa aportará na joint venture e qual será a taxa de conversão de compras em pontos em cada loja, mas destacaram que cada ponto acumulado poderá ser trocado por 1 real em resgates.

O programa de fidelidade envolve o Itaú Unibanco, cujos usuários de cartão de crédito poderão transferir seus pontos para o Stix Fidelidade.

Isso exigirá que o GPA suspenda um acordo anterior com a Livelo - joint venture entre o Bradesco e Banco do Brasil, Estermann acrescentou, sem precisar quando a parceria será dissolvida.

É a segunda vez em um ano que o grupo supermercadista rompe laços com um parceiro para tocar a própria operação. Em dezembro de 2018, o GPA anunciou o fim de uma cooperação com o aplicativo colombiano de entregas Rappi, após comprar a startup brasileira de encomenda e entrega de produtos James Delivery.

Juntos, GPA e RD contam com mais de 55 milhões de clientes fidelizados, mas o plano é adicionar à plataforma Stix mais parceiros de outros segmentos do varejo, a fim de aumentar as possibilidades de resgate e também atrair novos usuários ao programa de fidelidade.

"Hoje o mercado de fidelidade está muito orientado para viagens e passagens aéreas...nós permitiremos trocar pontos com muito mais frequência", disse o diretor do GPA Eduardo Leonidas, que lidera o programa Stix, lembrando que os pontos poderãoser acumulados por período acima de 12 meses.

Últimas Notícias

Ver mais
Abilio Diniz: fundador do Grupo Pão de Açúcar foi um dos maiores empresários da história do país
Um conteúdo Bússola

Abilio Diniz: fundador do Grupo Pão de Açúcar foi um dos maiores empresários da história do país

Há uma semana

Quem é o atual dono do Pão de Açúcar?
seloMercados

Quem é o atual dono do Pão de Açúcar?

Há uma semana

Vivo (VIVT3) e Auren (AURE3) formam joint-venture de venda de energia
seloMercados

Vivo (VIVT3) e Auren (AURE3) formam joint-venture de venda de energia

Há 3 meses

RaiaDrogasil (RADL3) revisa guidance e acelera plano de expansão para até 600 lojas em dois anos
seloMercados

RaiaDrogasil (RADL3) revisa guidance e acelera plano de expansão para até 600 lojas em dois anos

Há 4 meses

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais