Negócios

Governo dos EUA cria condições para AT&T assinar compra da Time Warner

Grupo de telecomunicações aceitou administrar a Turner separadamente até o fim de fevereiro do ano que vem ou até a conclusão da operação de aquisição

AT&T: Departamento de Justiça dos EUA avalia se apelará da decisão judicial que permitiu o negócio (Jim Young/Reuters)

AT&T: Departamento de Justiça dos EUA avalia se apelará da decisão judicial que permitiu o negócio (Jim Young/Reuters)

R

Reuters

Publicado em 14 de junho de 2018 às 19h47.

Washington - O governo dos Estados Unidos e a AT&T concordaram nesta quinta-feira com condições que permitirão que o grupo de telecomunicações acerte a compra do grupo de mídia Time Warner, enquanto o Departamento de Justiça do país avalia se apelará da decisão judicial que permitiu o negócio.

Em comunicado conjunto, os dois lados pediram para a Justiça autorizar as companhias a assinarem a fusão de 85 bilhões de dólares, que pode ser alvo da apelação do departamento.

A AT&T aceitou administrar a Turner separadamente até o fim de fevereiro do ano que vem ou até a conclusão da operação.

Acompanhe tudo sobre:AT&TEstados Unidos (EUA)Fusões e AquisiçõesTelecomunicaçõesTime Warner

Mais de Negócios

Inteligência Artificial no Brasil: inovação, potencial e aplicações reais das novas tecnologias

Mundo sem cookies: as big techs estão se adequando a uma publicidade online com mais privacidade

Ligadona em você: veja o que aconteceu com a Arapuã, tradicional loja dos anos 1990

A empresa inglesa que inventou a retroescavadeira vai investir R$ 500 milhões no Brasil — veja onde

Mais na Exame