Negócios

Gerdau vendeu mais de US$600 mi em ativos, diz presidente

Executivo não comentou prazos ou meta do programa de revisão de ativos durante apresentação a investidores e analistas feita hoje

André Gerdau: executivo disse que a Gerdau fechou ou paralisou 2,24 milhões de toneladas em capacidade de produção de aço no mundo nos últimos meses (Germano Luders/Exame)

André Gerdau: executivo disse que a Gerdau fechou ou paralisou 2,24 milhões de toneladas em capacidade de produção de aço no mundo nos últimos meses (Germano Luders/Exame)

R

Reuters

Publicado em 24 de novembro de 2016 às 10h31.

São Paulo - O grupo produtor de aço Gerdau já conseguiu levantar 600 milhões de dólares com vendas de ativos nos últimos anos e mantém estratégia de revisão de seus ativos no mundo, com ênfase em melhor rentabilidade, afirmou nesta quinta-feira o presidente-executivo da companhia, André Gerdau Johannpeter.

O executivo não comentou prazos ou meta do programa de revisão de ativos durante apresentação a investidores e analistas.

Ele citou entre os ativos vendidos usinas como Gallatin (EUA), Forjanor (Espanha), Railway (EUA), Bright Bar (EUA), Sidenor (Espanha), Perth Amboy (EUA) e Sand Springs (EUA).

Johannpeter disse que a Gerdau fechou ou paralisou 2,24 milhões de toneladas em capacidade de produção de aço no mundo e 1,95 milhão em laminados nos últimos meses.

Acompanhe tudo sobre:EmpresasGerdau

Mais de Negócios

“Vamos investir 800 milhões de dólares para transição de veículos elétricos”, diz CEO global do Uber

Universidade aposta em software com IA para aumentar a segurança no campus

Sebrae promove evento gratuito sobre sustentabilidade para pequenos negócios. Inscreva-se

Os CEOS mais bem pagos em 2023 nos EUA

Mais na Exame