Negócios

Gerdau terá laminador a quente em usina de Ouro Branco

São Paulo - A Gerdau anunciou nesta quarta-feira que instalará um laminador de bobinas a quente em sua usina siderúrgica de Ouro Branco, em Minas Gerais, com início de operação previsto para 2012. É o primeiro equipamento desse tipo da empresa no Brasil. "Estamos investindo para atender o mercado brasileiro e global, frente à expectativa […]

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 10 de outubro de 2010 às 03h39.

São Paulo - A Gerdau anunciou nesta quarta-feira que instalará um laminador de bobinas a quente em sua usina siderúrgica de Ouro Branco, em Minas Gerais, com início de operação previsto para 2012. É o primeiro equipamento desse tipo da empresa no Brasil.

"Estamos investindo para atender o mercado brasileiro e global, frente à expectativa de crescimento da demanda por aço nos próximos anos", afirmou em nota o presidente-executivo da Gerdau, André Gerdau Johannpeter.

Além disso, a Gerdau instalará um laminador de chapas grossas na unidade mineira, que já era de conhecimento público.

O aço produzido nos novos equipamentos será destinado a atender a demanda nas indústrias petrolífera, naval, construção civil e de equipamentos pesados --máquinas e implementos.

"Com o início das operações dos novos laminadores, a Gerdau oferecerá ao mercado uma nova linha de produtos, a partir da produção de aços planos, ampliando o atendimento das necessidades de seus clientes", acrescentou.

Juntos, os dois novos laminadores terão capacidade instalada de 1,9 milhão de toneladas por ano, que poderá ser elevada para 3 milhões de toneladas anuais posteriormente.

Os investimentos nos equipamentos são da ordem de 2,4 bilhões de reais, montante já considerado no plano de investimentos da Gerdau de 2010 a 2014, de 9,5 bilhões de reais, dos quais 80 por cento no Brasil.

Acompanhe tudo sobre:EmpresasEmpresas brasileirasGerdauIndústriaInvestimentos de empresasSiderurgiaSiderurgia e metalurgiaSiderúrgicas

Mais de Negócios

40 franquias baratas para quem quer deixar de ser funcionário a partir de R$ 2.850

Ele cansou de trabalhar em telecom. Agora, faz mais de R$ 1 mi com franquia de serviços automotivos

“É função dos empresários iniciar um novo RS”, diz CEO da maior produtora de biodiesel do país

Na Prosegur, os candidatos são avaliados pela simpática Rose, a chatbot do grupo

Mais na Exame