Acompanhe:
seloNegócios

Gávea, KKR, Cambuhy e Apax se unem para comprar GVT

Fundos de private equity estão se unindo em um único consórcio na disputa com a DirectTV pela aquisição da empresa; informação foi antecipada pela revista EXAME

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Técnico da GVT: a Vivendi pediu cerca de 8 bilhões de euros pela empresa
 (Kiko Ferrite/EXAME.com)

Técnico da GVT: a Vivendi pediu cerca de 8 bilhões de euros pela empresa (Kiko Ferrite/EXAME.com)

C
Cristiane Lucchesi, Serena Saitto e David Carey

Publicado em 13 de junho de 2013 às, 07h48.

São Paulo - Fundos de private equity como o KKR & Co. e o Apax Partners LLP estão se unindo em um único consórcio na disputa com a DirectTV pela aquisição da empresa de telefonia GVT no Brasil, segundo pessoas com conhecimento direto do assunto.

O grupo de fundos de private equity, que incluiu o Gávea Investimentos Ltda, do JPMorgan Chase & Co., e o Cambuhy Investimentos Ltda, da família Moreira Salles, considera pagar até 5 bilhões de euros ($6.8 billion) pela GVT, empresa da Vivendi SA, disse uma das pessoas, que pediu para não ser identificada, pois as conversas não são públicas.

A Vivendi pediu cerca de 8 bilhões de euros pela GVT, disse a pessoa. O Grupo BTG Pactual está avaliando se vai se juntar no segundo lance de propostas, disseram as pessoas.

A DirecTV, a maior provedora de televisão por satélite dos Estados Unidos, continua interessada em comprar a GTV e poderá fazer uma oferta próxima ao preço pedido pela Vivendi por causa de sinergias que o negócio poderia criar, disse outra pessoa familiarizada com a situação.

A DirecTV está contando com a crescente demanda por TV paga e serviços de internet na América Latina à medida que o crescimento nos Estados Unidos é reduzido. A empresa perdeu clientes pela primeira vez nos EUA no segundo trimestre do ano passado.

Vivendi, Apax, BTG Pactual, KKR e JPMorgan não quiseram comentar. A Cambuhy Investimentos e a DirectTV não responderam a mensagens solicitando comentários.

A Vivendi, que contratou o Deutsche Bank AG, Rothschild e o Credit Suisse Group AG como assessores financeiros em agosto, pode também fazer uma oferta de ações da GVT, disse na época uma pessoa com conhecimento do assunto.

Últimas Notícias

Ver mais
GPA lança follow-on mirando de R$ 500 milhões a R$ 1 bi
Exame IN

GPA lança follow-on mirando de R$ 500 milhões a R$ 1 bi

Há 13 horas

Depois do primeiro ano com Extrafarma, Pague Menos acelera conversão de lojas e ganhos de sinergia
Exame IN

Depois do primeiro ano com Extrafarma, Pague Menos acelera conversão de lojas e ganhos de sinergia

Há 15 horas

Sob nova direção, The Body Shop tem futuro incerto
Exame IN

Sob nova direção, The Body Shop tem futuro incerto

Há 19 horas

Marisa troca comando — de novo; ex-Riachuelo vai ser CEO
Exame IN

Marisa troca comando — de novo; ex-Riachuelo vai ser CEO

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais