Negócios

Fadigas vai suceder Gradin na presidência da Braskem

Carlos Fadigas foi nomeado como sucessor de Bernardo Gradin no comando da maior petroquímica das Américas

Carlos Fadiga segue agora para o comando da Braskem (Germano Luders/EXAME)

Carlos Fadiga segue agora para o comando da Braskem (Germano Luders/EXAME)

DR

Da Redação

Publicado em 22 de novembro de 2010 às 10h07.

São Paulo - A Braskem anunciou nesta segunda-feira que o presidente da Braskem America, Carlos Fadigas, foi nomeado como sucessor de Bernardo Gradin no comando da maior petroquímica das Américas a partir de 2011.

"O planejamento da sucessão é motivado pelo permanente aprimoramento da governança da Braskem", afirma a companhia nesta segunda-feira.

Segundo a Braskem, a nomeação de Fadigas será submetida ao conselho de administração da empresa em 2011.

Sob o comando de Gradin, a Braskem adquiriu a petroquímica Quattor, no Brasil, e os negócios de polipropileno da norte-americana Sunoco Chemicals, além de instalar operações de etileno no México.

Acompanhe tudo sobre:BraskemEmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasgestao-de-negociosQuímica e petroquímicaRotatividade

Mais de Negócios

EXCLUSIVO: Natura prepara primeiro fundo de investimentos em startups; anúncio ocorrerá nesta semana

Essa startup quer fazer R$ 25 milhões com comida para pets que até você pode comer

Não invista em uma franquia sem antes responder a estas 4 perguntas

Conectarh discute como levar a Gestão Estratégica de Pessoas à mesa do CEO

Mais na Exame