Negócios

Esquema de sonegação pode ter causado rombo de R$ 19 bi

Por meio de escutas telefônicas, PF encontra tabela de preços cobrados às empresas que pagavam por decisão favorável junto ao Carf


	Corrupção: se confirmado, valor sonegado pode ser três vezes maior ao desviado na Petrobras
 (ThinkStock/Uelder Ferreira)

Corrupção: se confirmado, valor sonegado pode ser três vezes maior ao desviado na Petrobras (ThinkStock/Uelder Ferreira)

Tatiana Vaz

Tatiana Vaz

Publicado em 4 de abril de 2015 às 09h09.

São Paulo – Uma tabela de preços para empresas interessadas em decisões favoráveis no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais, o Carf, foi descoberta por meio de escutas telefônicas pela Operação Zelotes, da Polícia Federal.

Obtido e divulgado pela Folha, o relatório das escutas mostra que a propina do esquema variava de R$ 30 mil a R$ 50 mil, para a paralisação da sessão de julgamento, a R$ 500 mil, para a compra de decisões finais favoráveis.

A investigação leva a crer que lobistas teriam convencido membros do Carf a participar da operação.

A suspeita é que o esquema tenha tirado da União até R$ 19 bilhões, valor das multas de 74 processos que estão sendo investigados pela PF e Ministério Público. 

Três vezes mais

Deflagrada no final de março, a Operação Zelotes da Polícia Federal investiga um esquema de sonegação fiscal de grandes empresas com uma quadrilha que atuava dentro do Carf.

A entidade é um tribunal administrativo formado por representantes da Fazenda e dos contribuintes (empresas) que julga hoje processos que correspondem a R$ 580 bilhões.

A Polícia já confirmou prejuízo de R$ 6 bilhões aos cofres públicos – valor três vezes ao desviado da Petrobras pelo esquema deflagrado pela Operação Lava Jato, de R$ 2,1 bilhões. 

Acompanhe tudo sobre:CorrupçãoEscândalosFraudesImpostosLeãoOperação ZelotesPolícia FederalSonegação fiscal

Mais de Negócios

Startup brasileira quer usar hemogramas e IA para acelerar diagnóstico do câncer de mama

A rota da KLM para transformar viagens em conexões inesquecíveis

Lembra dela? TecToy volta a apostar no mercado game e lança computador, acessórios e até jogos

Giovanna Antonelli, Caio Castro, Deborah Secco e mais: conheça franquias com sócios famosos

Mais na Exame