• AALR3 R$ 19,86 0.86
  • AAPL34 R$ 71,24 -2.94
  • ABCB4 R$ 16,54 -2.30
  • ABEV3 R$ 14,40 -2.24
  • AERI3 R$ 3,87 -0.51
  • AESB3 R$ 10,77 -0.37
  • AGRO3 R$ 31,20 -1.39
  • ALPA4 R$ 21,19 -1.40
  • ALSO3 R$ 19,25 -4.32
  • ALUP11 R$ 26,50 0.53
  • AMAR3 R$ 2,36 -3.28
  • AMBP3 R$ 31,12 2.67
  • AMER3 R$ 23,04 0.09
  • AMZO34 R$ 69,26 -4.26
  • ANIM3 R$ 5,53 -3.15
  • ARZZ3 R$ 82,07 -0.85
  • ASAI3 R$ 15,57 -1.64
  • AZUL4 R$ 21,62 -2.57
  • B3SA3 R$ 11,65 -2.10
  • BBAS3 R$ 36,24 -0.52
  • AALR3 R$ 19,86 0.86
  • AAPL34 R$ 71,24 -2.94
  • ABCB4 R$ 16,54 -2.30
  • ABEV3 R$ 14,40 -2.24
  • AERI3 R$ 3,87 -0.51
  • AESB3 R$ 10,77 -0.37
  • AGRO3 R$ 31,20 -1.39
  • ALPA4 R$ 21,19 -1.40
  • ALSO3 R$ 19,25 -4.32
  • ALUP11 R$ 26,50 0.53
  • AMAR3 R$ 2,36 -3.28
  • AMBP3 R$ 31,12 2.67
  • AMER3 R$ 23,04 0.09
  • AMZO34 R$ 69,26 -4.26
  • ANIM3 R$ 5,53 -3.15
  • ARZZ3 R$ 82,07 -0.85
  • ASAI3 R$ 15,57 -1.64
  • AZUL4 R$ 21,62 -2.57
  • B3SA3 R$ 11,65 -2.10
  • BBAS3 R$ 36,24 -0.52
Abra sua conta no BTG

Entenda o pedido da Prevent Senior para suspender seus planos de saúde

Investigada, Prevent Senior entrou com pedido na ANS para suspender a venda de 27 dos seus planos de saúde
Prevent Senior: operadora pede suspensão de 27 planos (Exame/Leandro Fonseca)
Prevent Senior: operadora pede suspensão de 27 planos (Exame/Leandro Fonseca)
Por Mariana DesidérioPublicado em 26/11/2021 11:00 | Última atualização em 26/11/2021 21:41Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A Prevent Senior entrou com pedido na ANS para suspender a venda de 27 dos seus planos de saúde. O único plano que ficaria disponível é o Premium , válido para todo o Brasil com valor médio de até R$ 1.828. A suspensão ainda precisa ser aprovada pela agência reguladora.

Já imaginou ter acesso a todos os materiais gratuitos da EXAME para investimentos, educação e desenvolvimento pessoal? Agora você pode: confira nossa página de conteúdos gratuitos para baixar.

O objetivo, de acordo com a companhia, é focar esforços para atender os 550 mil beneficiários que já estão na operadora e também responder às investigações em curso contra ela. Após ter sido alvo de uma série de denúncias na CPI da Covid no Senado, a Prevent agora responde a uma CPI da Câmara Municipal de São Paulo, além de ser investigada pelo Ministério Público e pela Polícia Civil. A empresa também está sob direção técnica da ANS.

Pelas contas da operadora, o número de beneficiários cresceria 20% em 2022, caso os planos continuassem a ser vendidos. Se a pandemia voltar a crescer, como tem acontecido na Europa, o número poderia ser ainda maior, o que poderia gerar dificuldades de atendimento.

Oportunidade para a Notredame Intermédica

 

A solicitação da operadora pegou a ANS de surpresa e, caso seja aprovada, pode movimentar o setor. O segmento aguarda, por exemplo, a venda da carteira de planos individuais da Amil, que possui 450 mil beneficiários, muitos deles idosos. Muitos desses clientes devem buscar a portabilidade do plano, e um destino provável seria a Prevent Senior.

A suspensão dos planos da Prevent pode gerar maior demanda para outras operadoras, em especial a Notredame Intermédica, que também oferece planos de baixo custo para o público idoso em São Paulo, principal praça de atuação da Prevent. Na avaliação do BTG Pactual, o momento pode ser uma oportunidade para a Notredame, que tem atualmente 6% de share no segmento de idosos.

O plano inicial da Prevent é retomar as vendas no ano que vem.

Plano de saúde para idosos

Focada no público idoso, a Prevent Senior cresceu baseada em um modelo de negócio que une operação verticalizada – ou seja, a operadora do plano é também dona dos hospitais usados pelos beneficiários – e foco na medicina preventiva. O modelo tornou possível a oferta de planos de saúde para idosos a preços mais acessíveis do que a maioria dos planos de outras operadoras.

Isso levou a Prevent a se tornar referência em um setor em que o aumento dos custos criava uma barreira para a aquisição de novos clientes, em especial de clientes idosos. Nos últimos anos, outras operadoras verticalizadas cresceram de forma vertiginosa oferecendo planos de saúde mais baratos. É o caso da Hapvida, maior operadora do país, com 45 bilhões de reais em valor de mercado, e da Notredame Intermédica, avaliada em 40 bilhões de reais na bolsa brasileira B3. As duas anunciaram fusão e o negócio aguarda aval do Cade.

 

Veja Também

Planos de saúde preveem reajuste maior do que 15%
Minhas Finanças
Há 2 semanas • 6 min de leitura

Planos de saúde preveem reajuste maior do que 15%

ANS anula transferência da carteira da Amil à APS
Negócios
Há 2 semanas • 4 min de leitura

ANS anula transferência da carteira da Amil à APS