Negócios

Enel mantém oferta de R$ 32,20 por ação da Eletropaulo

Além da Enel, está na disputa da Eletropaulo a Neoenergia, que informou mais cedo que manteve sua oferta em R$ 32,10 por ação

Eletropaulo: (Eletropaulo/Divulgação)

Eletropaulo: (Eletropaulo/Divulgação)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 30 de maio de 2018 às 16h32.

Última atualização em 5 de junho de 2018 às 10h32.

São Paulo — A empresa italiana Enel deve manter sua oferta de R$ 32,20 por ação da Eletropaulo no âmbito do oferta pública para aquisição do controle acionário da empresa .

A Eletropaulo chegou a informar, hoje, que a Enel havia elevado o preço por ação para R$ 32,30, como noticiou a agência Estadão Conteúdo. Mais tarde, a empresa entrou em contato com EXAME, por meio de sua assessoria de imprensa, e informou que não houve aumento na oferta. A notícia sobre o aumento teria se originado num erro de digitação. A empresa emitiu um fato relevante corrigindo a informação anterior.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) enviou na terça-feira à Eletropaulo ofício sobre o processo competitivo para aquisição do controle da companhia, fixando a data desta quarta-feira, 30, para divulgação de aumento de preço pelos ofertantes.

Além da Enel, está na disputa da Eletropaulo a Neoenergia, que informou mais cedo que manteve sua oferta em R$ 32,10 por ação.

Também na terça o conselho de administração da Eletropaulo recomendou que os acionistas da empresa aceitem a oferta de aquisição feita pela italiana Enel em detrimento da oferta da Neoenergia (controlada pela espanhola Iberdrola).

Acompanhe tudo sobre:EletropauloEmpresasEnelEnergiaNeoenergia

Mais de Negócios

O Brasil pode exportar peças para veículos? Essa é a aposta da Bosch após vender R$ 9,8 bilhões aqui

Startup do Amapá capta R$ 3 milhões e já tem R$ 30 milhões para emprestar na Amazônia

Você já ouviu falar na sigla DYOR? Veja por que ela é importante no universo das finanças

Com investimento de R$ 70 milhões, plataforma de renegociação de dívidas entra em operação

Mais na Exame