Empresa de co-fundador do Twitter recebe aporte de US$ 100 mi

Os planos da Square são de usar os recursos para acelerar seu crescimento, disse Dorsey, presidente-executivo da companhia

A tecnologia desenvolvida pela Square permite que usuários utilizem seus telefones celulares para aceitar pagamentos com cartão de crédito (Getty Images/Brian Harkin)

A tecnologia desenvolvida pela Square permite que usuários utilizem seus telefones celulares para aceitar pagamentos com cartão de crédito (Getty Images/Brian Harkin)

DR

Da Redação

Publicado em 29 de junho de 2011 às 18h35.

Los Angeles - A Square, empresa de serviços de pagamento por celular montada pelo co-fundador do Twitter Jack Dorsey, captou 100 milhões em financiamento, numa operação coordenada pela gestora de fundos Kleiner Perkins Caufield & Byers.

Os planos da Square são de usar os recursos para acelerar seu crescimento, disse Dorsey, presidente-executivo da companhia.

Mary Meeker, sócia da Kleiner Perkins, participará do conselho de administração, que também inclui o ex-secretário do Tesouro norte-americano Lawrence Summers.

A tecnologia desenvolvida pela Square permite que usuários utilizem seus telefones celulares para aceitar pagamentos com cartão de crédito de outras pessoas. Em abril, a Square afirmou que a Visa havia investido um valor não revelado na companhia.

A companhia, com sede em São Francisco, possui diversos concorrentes ávidos em entrar no segmento de pagamentos móveis. Em maio, o Google inaugurou uma "carteira digital" que permite que usuários usem seus smartphones para pagar por roupas, alimentos e outros itens.

Mais de Negócios

Cartão de crédito consignado: o que é, como funciona e quem pode contratar

O coworking que eles criaram na garagem de casa supera a pandemia, faz R$ 10 milhões e vai expandir

Grupo J&F anuncia investimento de R$ 25 bilhões e criação de 10 mil empregos no Brasil

Desenrola para empresas: veja perguntas e respostas sobre os novos programas para MEIs

Mais na Exame