Negócios

Dufry conclui aumento de capital

Companhia espera receber o valor bruto de cerca de 810 milhões de francos suíços com a operação


	Dufry : 3,6 mi de novas ações foram subscritas por acionistas existentes e 1,4 mi de novos papéis foram comprados
 (Divulgação)

Dufry : 3,6 mi de novas ações foram subscritas por acionistas existentes e 1,4 mi de novos papéis foram comprados (Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 8 de julho de 2014 às 09h06.

São Paulo - A companhia de varejo aeroportuário Dufry concluiu seu aumento de capital para financiar parte da aquisição da rival Nuance e espera receber o valor bruto de cerca de 810 milhões de francos suíços com a operação, informou em comunicado nesta terça-feira.

Segundo a empresa, 3,6 milhões de novas ações foram subscritas por acionistas existentes e 1,4 milhão de novos papéis foram comprados por investidores no âmbito da oferta internacional, ao preço de emissão de 162 francos por ação.

No fim de junho, a Dufry havia informado que pretendia levantar cerca de 725 milhões de francos suíços no aumento de capital para ajudar a financiar a compra de 1,55 bilhão de francos suíços da rival Nuance.

A Dufry é altamente dependente de vendas na América do Norte, enquanto a Nuance é mais forte na Europa e Ásia, tornando o negócio complementar.

A Dufry disse que planeja obter valor a partir da aquisição ao juntar as áreas de logística e compras com as da Nuance, com a expectativa de até 70 milhões de francos em benefícios a partir de 2016 com a combinação das duas empresas. (Por Roberta Vilas Boas)

Acompanhe tudo sobre:acordos-empresariaisDufryEmpresasMercado financeiroOfertas de açõesVarejo

Mais de Negócios

Gestor consegue identificar comportamentos arriscados e evitar acidentes, diz VP da Geotab

O Brasil pode exportar peças para veículos? Essa é a aposta da Bosch após vender R$ 9,8 bilhões aqui

Startup do Amapá capta R$ 3 milhões e já tem R$ 30 milhões para emprestar na Amazônia

Você já ouviu falar na sigla DYOR? Veja por que ela é importante no universo das finanças

Mais na Exame