Negócios

Demanda europeia por vans impulsiona lucro da Volks

Divisão de veículos comerciais da Volkswagen teve novo recorde em 2014


	Volkswagen: "divisão de veículos comerciais da VW vai lidar bem com a concorrência", disse presidente-executivo
 (Fabian Bimmer/Reuters)

Volkswagen: "divisão de veículos comerciais da VW vai lidar bem com a concorrência", disse presidente-executivo (Fabian Bimmer/Reuters)

DR

Da Redação

Publicado em 18 de março de 2015 às 10h20.

Berlim - A forte demanda nos principais mercados europeus e cortes de custos impulsionaram o lucro da divisão de veículos comerciais da Volkswagen para um novo recorde em 2014.

Com um aumento nas vendas gerais apesar da demanda em queda na América do Sul, seu segundo maior mercado, a divisão de vans da VW está otimista sobre perspectivas para 2015, contando com a demanda para lançamentos no segundo trimestre dos modelos reformulados Caddy e T6.

"Há muitos desafios, mas a divisão de veículos comerciais da VW vai lidar bem com a concorrência internacional com novos modelos e fábricas eficientes", disse nesta quarta-feira o presidente-executivo, Eckhard Scholz.

O lucro operacional da divisão de vans, que responde por cerca de 5 por cento dos 202,5 bilhões de euros (215 bilhões de dólares) em vendas no grupo, saltou 13 por cento para 504 milhões de euros, segundo a VW.

As vendas subiram 2 por cento para 445 mil veículos, impulsionadas por um crescimento de 6,5 por cento na Europa Ocidental onde a unidade de vans da VW vende dois terços de seus modelos, segundo a divisão.

Cortes de custos "em todas as áreas" ajudaram o lucro de 2014, disse a VW, citando indicadores em compras, desenvolvimento, produção e vendas sem dar detalhes.

Acompanhe tudo sobre:AutoindústriaCarrosEmpresasEmpresas alemãsLucroMontadorasVans (calçados e roupas)Volkswagen

Mais de Negócios

Vem aí a terceira edição do Ranking EXAME Negócios em Expansão

Nos 30 anos do Real, Mercado Pago lança cédula celebrativa

Nas franquias de educação, 83% dos alunos estão na sala de aula (e não em aulas online)

Eles começaram do zero, viraram referência em franquias e revelam segredos para sucesso nos negócios

Mais na Exame