Negócios

CVC retoma venda de US$5 bi de operadora móvel suíça Sunrise

Empresa tinha arquivado planos para iniciar uma venda porque o lucro e fluxo de caixa não tinham sido tão fortes como o esperado


	Sunrise: venda da companhia suíça pode ser avaliada em até 4,9 bilhões de francos suíços
 (Bloomberg)

Sunrise: venda da companhia suíça pode ser avaliada em até 4,9 bilhões de francos suíços (Bloomberg)

DR

Da Redação

Publicado em 25 de setembro de 2014 às 10h48.

Londres - A empresa europeia de private equity CVC está retomando a venda da companhia suíça de telecomunicações móveis Sunrise e pode contratar um banco para assessorar o negócio avaliado em até 4,9 bilhões de francos suíços (5,2 bilhões de dólares) até o final do ano, disseram nesta quinta-feira diversas fontes familiarizadas com o assunto.

A CVC tinha arquivado planos para iniciar uma venda no final do ano passado porque o lucro e fluxo de caixa não tinham sido tão fortes como o esperado, afirmaram duas das fontes.

Agora, a CVC acredita que a melhora dos resultados da segunda maior operadora de telefonia móvel da Suíça poderia facilitar uma venda ou uma oferta pública inicial de ações (IPO).

A Sunrise e a CVC não quiseram comentar, mas as fontes, que não quiseram ser identificadas pois as conversas são privadas, afirmaram que a empresa de private equity deve considerar tanto a venda quando a listagem da companhia que comprou em 2010 por 3,3 bilhões de francos suíços.

Acompanhe tudo sobre:CVCEmpresasFusões e AquisiçõesTelecomunicações

Mais de Negócios

A startup que pretende usar um fundo de R$ 150 milhões para salvar negócios no Rio Grande do Sul

Como a Amazon quer fazer pequenos e médios negócios brasileiros venderem nos Estados Unidos

Francal se transforma em ecossistema para eventos e apresenta novo hub de negócios

10 franquias baratas de limpeza para empreender a partir de R$ 27 mil

Mais na Exame