Crédito rural tem papel relevante na sustentabilidade do agro brasileiro

Estudo mostra que um melhor acesso a recursos financeiros permite que os produtores tomem novas decisões que levam à maior produtividade
Parceria da JBS com BB e Bradesco visa facilitar acesso ao crédito e ajudar pecuaristas a resolverem seus passivos ambientais de acordo com a legislação brasileira (Baranozdemir/Getty Images)
Parceria da JBS com BB e Bradesco visa facilitar acesso ao crédito e ajudar pecuaristas a resolverem seus passivos ambientais de acordo com a legislação brasileira (Baranozdemir/Getty Images)
D
Da Redação

Publicado em 16/03/2022 às 13:00.

Última atualização em 16/03/2022 às 13:18.

O crédito rural tem um papel extremamente relevante na agropecuária brasileira. Os empréstimos de crédito rural equivalem a aproximadamente 40% da produção agropecuária total, segundo um levantamento feito pela Iniciativa para o Uso da Terra (Input), fruto de uma parceria entre a Agroicone e o Climate Policy Initiative (CPI) no Brasil.

De acordo com os pesquisadores envolvidos no documento, um aumento nos empréstimos de crédito rural leva a melhorias em uma série de indicadores agropecuários, incluindo a produção agrícola municipal, o PIB agropecuário, o PIB municipal total, a produtividade agrícola, e a produtividade do trabalhador rural agrícola.

O documento diz ainda que a falta de recursos financeiros limita as possibilidades de produção dos produtores rurais no Brasil. “Um melhor acesso a crédito permite que os produtores tomem novas decisões que levam a maior produtividade”, afirma o relatório.

Nesse sentido, o estudo do Input mostra que aumentos na oferta de crédito municipal levam ao deslocamento do uso da terra de alternativas menos produtivas para outras mais produtivas, e ainda resultam em aumento de áreas florestais. “O papel central do crédito rural no aumento da produtividade aponta para a oportunidade dos formuladores de políticas públicas de utilizá-lo como um meio para balancear a agropecuária brasileira e o crescimento econômico com maior proteção dos recursos naturais do país.”

Recentemente, a JBS, líder global em alimentos à base de proteína, fechou parcerias com o Banco do Brasil (líder na concessão de crédito rural no país) e o Bradesco para facilitar o acesso a crédito rural aos produtores de sua cadeia de fornecimento. Segundo comunicado da companhia, com apoio dos Escritórios Verdes da JBS, pecuaristas poderão obter recursos para financiar ações de regularização ambiental, contribuindo para uma cadeia produtiva cada vez mais sustentável.

“Nosso principal objetivo é ajudar os pecuaristas a resolver seus passivos ambientais de acordo com a legislação brasileira”, diz Renato Costa, presidente da Friboi.