Negócios

Comcast planeja abandonar fusão com Time Warner, diz fonte

A proposta era de 45 bilhões de dólares


	Time Warner Cable: agências do governo sinalizaram ter reservas quanto à operação
 (Andrew Harrer/Bloomberg)

Time Warner Cable: agências do governo sinalizaram ter reservas quanto à operação (Andrew Harrer/Bloomberg)

DR

Da Redação

Publicado em 24 de abril de 2015 às 08h04.

Npva York e Washington - O Conselho da Comcast Corp se reuniu na noite de quinta-feira para finalizar planos de abandonar a fusão proposta de 45 bilhões de dólares com a Time Warner Cable, segundo uma pessoa com conhecimento direto do tema.

Um anúncio formal é esperado a partir desta sexta-feira, acrescentou a fonte, pedindo para não ser identificada. A Comcast e a Time Warner Cable se recusaram a comentar.

A notícia veio um dia após membros da Comcast e da Time Warner Cable, as duas maiores companhias de serviços a cabo dos Estados Unidos, se reunirem com funcionários do Departamento da Justiça, que analisa se o acordo prejudicaria a competição, e a Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês), que avalia se o negócio ocorre em prol do interesse público.

Ambas as agências do governo sinalizaram ter reservas quanto à operação, embora fontes tenham afirmado à Reuters que foi a forte posição da FCC que, particularmente, fez com que a balança pendesse para um abandono do acordo, que não tem taxa de rompimento.

Acompanhe tudo sobre:ComcastEmpresasEmpresas americanasFusões e AquisiçõesTime Warner

Mais de Negócios

Justiça aprova plano de recuperação extrajudicial da Casas Bahia

De pequena lanchonete à franquia bilionária: o que o sucesso do McDonald’s ensina aos empreendedores

Desenrola Pequenos Negócios renegocia R$ 1,25 bilhão até 12 de junho

Executivos veem a inteligência artificial como um “divisor de águas”

Mais na Exame