Com Disney+, crescem vendas de produtos da série The Madalorian

De bonecos do “baby Yoda” da Hasbro a motos Yamaha, franquia Star Wars tem milhares de produtos diferentes no Brasil

A chegada do serviço de streaming da Disney no Brasil não movimentou apenas a indústria de mídia e entretenimento. Com o lançamento do Disney+ no dia 17 de novembro na América Latina, a empresa também está fortalecendo as vendas de produtos da série The Mandalorian, da franquia Star Wars, que vão de bonecos de pelúcia a motos Yamaha. 

Já são milhares de produtos de Star Wars à venda em categorias que vão de figuras de ação da Hasbro até mais recentemente a nova coleção de motos da Yamaha. Com a chegada do serviço de streaming, a empresa do Mickey preparou uma grande campanha integrada para The Mandalorian. 

São mais de 170 produtos de todas as linhas de negócio, que terão ativação em mais de 500 lojas no varejo físico e comércio eletrônico. Destaques incluem as figuras de ação do The Child (da Hasbro), a pelúcia da Mattel, a coleção de camisetas femininas da C&A, a coleção da Lego BrickHeadz e o quebra-cabeça de 500 peças da Toyster.

O adorável personagem The Child já é sucesso absoluto em vendas desde que se iniciou a pré-venda no Brasil há alguns meses. “Ele pode parecer um “Baby Yoda”, mas a criatura adorável é um misterioso alienígena perseguido por caçadores de recompensas. O público pode encontrar os produtos da Hasbro, Piticas, Havaianas, Vivara, Mattel, Lego, Funko e muitos outros, diretamente no site dos maiores varejistas do Brasil”, diz Mara Ronchi, diretora de licenciamento de brinquedos no Brasil. 

Atualmente, a Disney conta com mais de 180 empresas licenciadas que comercializam mais de 25.000 produtos de diferentes categorias de produtos, como vestuário, brinquedos, eletrônicos, publicações, artigos alimentícios e de higiene pessoal, artigos de papelaria e festa. 

Funko The Mandalorian e The Child

Funko The Mandalorian e The Child (Disney/Divulgação)

“A Lucasfilm trouxe o complemento de uma franquia com milhares de fãs em todo o mundo”, afirma Richard Leon, vice-presidente de produtos de consumo Star Wars no Brasil. Desde que a Disney adquiriu a Lucasfilm, em 2012, foram mais de 3 bilhões de produtos de consumo vendidos ao redor do mundo. No Brasil, entre os 10 maiores mercados do mundo em vendas de produtos Marvel, a empresa superou a marca de 25 milhões de produtos vendidos com mais de 8.000 produtos Star Wars. 

“Com a aquisição de Marvel, a Disney obteve um complemento ao seu portfólio com personagens que atingem meninos de todas as idades e a Marvel continua conquistando fãs e batendo todos os recordes em produtos”, diz Leon. 

Novos canais de venda

A empresa está presente em mais de 10.000 pontos de venda. Como forma de mitigar os efeitos da pandemia nos negócios, a empresa passou a digitalizar parte das vendas focando nos novos hábitos do consumidor. A Disney fez o lançamento de uma vitrine virtual em seu site e firmou parcerias com Rappi e Uber Eats em algumas cidades do Brasil para a entrega de produtos em poucas horas. “Este foi um período que nos obrigou a ser ágil e flexível, mas que nos trouxe aprendizagens constantes no que tange a escutar nossos consumidores para acompanhá-los nessa situação por meio de nosso conteúdo e experiências”, diz Leon.

Outra iniciativa para estar mais perto dos consumidores foi investir no bolso de crianças e adolescentes. Em conjunto com o banco digital Next, do Bradesco, para lançar a NextJoy, uma conta bancária gratuita para menores de idade. “Este foi o primeiro projeto na América Latina que une uma instituição bancária e a Disney para incentivar a educação financeira de crianças e adolescentes”, diz Ronchi

No Brasil, A The Walt Disney Company atua em três segmentos. A divisão de In-Home com um time responsável pelo Disney+ e pelos lançamentos de nossos canais de televisão. A equipe de Out of Home,  que trabalha na estratégia e distribuição de filmes nos cinemas, shows ao vivo como Disney On Ice e Disney in Concert, eventos especiais em shoppings e exposições temáticas em todo o Brasil.

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.