Acompanhe:
seloNegócios

Carros populares voltam a liderar o mercado; confira os mais vendidos

Após perderem volumes na crise dos últimos anos, os modelos mais econômicos ganham destaque disparado no país

Modo escuro

Continua após a publicidade
O Ônix, da Chevrolet, foi o modelo mais emplacado no acumulado do ano (Chevrolet/Divulgação)

O Ônix, da Chevrolet, foi o modelo mais emplacado no acumulado do ano (Chevrolet/Divulgação)

J
Juliana Estigarribia

Publicado em 5 de junho de 2019 às, 06h00.

Última atualização em 5 de junho de 2019 às, 06h00.

Os carros “populares” voltaram a ser protagonistas do mercado brasileiro em 2019, uma tendência que foi interrompida na forte crise dos últimos anos. Dos dez modelos mais emplacados no acumulado até maio, sete podem ser considerados econômicos, com destaque para o Ônix, da GM, e o HB20, da Hyundai.

O impacto negativo da recessão foi tão forte na indústria automotiva, no período, que derrubou as vendas desses modelos, que historicamente representaram os maiores volumes do mercado no país. Em um cenário que a renda estava escassa e a confiança minguada, sobrou crédito para os endinheirados, e os utilitários esportivos (SUVs) emergiram como uma das saídas das montadoras para reduzir os prejuízos. Marcas conhecidas por seus modelos de alto valor agregado figuraram, em 2016 - auge da crise do setor - no ranking dos dez modelos mais emplacados do ano. Até o sedã médio Corolla, da Toyota, angariou o posto de quinto automóvel mais vendido daquele ano.

Mas com a melhora gradual do cenário nos últimos dois anos no país, o quadro se reverteu. Segundo dados divulgados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), os emplacamentos de modelos populares/entrada cresceram, no acumulado até maio deste ano, mais de 20% em relação a igual período de 2018 no ranking dos dez mais vendidos.

Confira os 10 carros mais vendidos no acumulado do ano:

1 - Ônix (Chevrolet)
2 - HB20 (Hyundai)
3 - Ka (Ford)
4 - Prisma (Chevrolet)
5 - Kwid (Renault)
6 - Gol (Volkswagen)
7 - Argo (Fiat)
8 - Renegade (Jeep)
9 - Polo (Volkswagen)
10 - Compass (Jeep)

Fonte: Fenabrave

O popular de hoje não é o mesmo de dez anos atrás e já vem de fábrica com pacotes que incluem ar condicionado e direção hidráulica. Os modelos se tornaram mais acessíveis e mesmo com a recuperação ainda lenta da economia, há uma demanda reprimida principalmente daqueles que trocaram de automóvel no auge do mercado brasileiro, em meados de 2013.

“O consumo de carro popular é muito sensível à economia. Com a perspectiva de melhora gradual do cenário, os patamares de vendas destes modelos vão se manter cada vez mais firmes”, avalia o diretor da Sell-Out 3 Consultoria Automotiva, Arnaldo Brazil.

SUVs
Os populares voltaram, mas os utilitários esportivos conquistaram de vez o brasileiro. O segmento continua apresentando crescimento acima do mercado e a oferta pelas montadoras só avança: modelos nacionais, importados, de pequeno, médio e grande porte.

De janeiro a maio, no ranking da Fenabrave, o destaque ficou para a Jeep (da controladora da Fiat), responsável pelos dois modelos mais vendidos no segmento, o Renegade e o Compass. Em seguida, vêm o Nissan Kicks, o Honda HR-V e o Hyundai Creta. O Ecosport, que inaugurou a categoria no Brasil no início dos anos 2000, chega como o sexto mais vendido.

Confira os 10 SUVs mais vendidos no acumulado do ano:

1 - Renegade (Jeep)
2 - Compass (Jeep)
3 - Kicks (Nissan)
4 -  HR-V (Honda)
5 - Creta (Hyundai)
6- Ecosport (Ford)
7 - Duster (Renault)
8 - Captur (Renault)
9 - Tracker (GM)
10 - C4 Cactus (Citroën)

Últimas Notícias

Ver mais
"Novo chamado": com R$ 1 bi em receita, francesa compra negócio no Brasil para ser a TI das empresas
seloNegócios

"Novo chamado": com R$ 1 bi em receita, francesa compra negócio no Brasil para ser a TI das empresas

Há 3 horas

Jensen Huang, fundador da Nvidia, fica R$ 41,5 bilhões mais rico em menos de 24 horas
seloNegócios

Jensen Huang, fundador da Nvidia, fica R$ 41,5 bilhões mais rico em menos de 24 horas

Há 5 horas

Chega de teoria: veja, na prática, como criar um negócio do zero utilizando ferramentas de IA
seloNegócios

Chega de teoria: veja, na prática, como criar um negócio do zero utilizando ferramentas de IA

Há 9 horas

Goldman Sachs lidera aporte de US$ 55 mi em Simetrik, startup que tem Brasil como pilar de expansão
seloNegócios

Lego do acerto de contas, Simetrik capta US$ 55 mi para avançar no Brasil

Há 11 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais