Negócios

Bunge compra fatia minoritária na Agrícola Alvorada

A compra ocorre após a Bunge e suas concorrentes enfrentarem dificuldades para comprar grãos neste ano no Brasil

Bunge: "A transação é estratégica para a Bunge, que fortalece sua atuação, alavancando seu negócio de originação de grãos" (IVSON/Divulgação)

Bunge: "A transação é estratégica para a Bunge, que fortalece sua atuação, alavancando seu negócio de originação de grãos" (IVSON/Divulgação)

R

Reuters

Publicado em 22 de setembro de 2017 às 21h28.

São Paulo- A Bunge, uma das maiores empresas de agronegócio do mundo, anunciou nesta sexta-feira que firmou acordo definitivo para comprar participação minoritária da Agrícola Alvorada, uma empresa de revenda de grãos e produtos agrícolas de Mato Grosso, maior produtor agrícola do país.

"A transação é estratégica para a Bunge, que fortalece sua atuação, alavancando seu negócio de originação de grãos", disse a empresa em nota, sem revelar valores e a fatia adquirida.

A compra ocorre após a Bunge e suas concorrentes enfrentarem dificuldades para comprar grãos neste ano no Brasil, uma vez que produtores estão segurando mais as vendas. Isso reduziu as margens, forçando as empresas a competir entre si para adquirir produtos, apesar das amplas reservas após safras recordes.

Em agosto, a Bunge afirmou que estava buscando mudar a forma como compra produtos agrícolas, em um esforço para impulsionar as vendas e restabelecer as margens de lucro.

A Agrícola Alvorada, com sede em Primavera do Leste (MT), conta com oito filiais em cinco municípios do Mato Grosso,estrategicamente posicionada em relação a fornecedores, agricultores e clientes finais, ressaltou a Bunge.

A expertise da empresa amplia o alcance da Bunge no segmento de pequenos e médios produtores da região.

"Esta é uma transação muito interessante para a Bunge. Estamos sempre em busca de oportunidades que contribuam comnosso objetivo de trazer mais valor às nossas relações com os produtores e criar novas formas de ir ao mercado", disse o presidente e CEO da Bunge Brasil, Raúl Padilla, em comunicado.

Acompanhe tudo sobre:acionistas-minoritariosAgriculturaBunge

Mais de Negócios

40 franquias baratas para quem quer deixar de ser funcionário a partir de R$ 2.850

Ele cansou de trabalhar em telecom. Agora, faz mais de R$ 1 mi com franquia de serviços automotivos

“É função dos empresários iniciar um novo RS”, diz CEO da maior produtora de biodiesel do país

Na Prosegur, os candidatos são avaliados pela simpática Rose, a chatbot do grupo

Mais na Exame