Bradesco tem lucro líquido de R$2,949 bi no 2º trimestre

Em bases recorrentes, o lucro do segundo maior banco privado do país foi de 2,978 bilhões de reais no período

São Paulo - O Bradesco divulgou nesta segunda-feira lucro líquido contábil de 2,949 bilhões de reais no segundo trimestre, alta de 4,1 por cento sobre o mesmo período do ano passado, e revisou para baixo projeções de crescimento da carteira de crédito este ano.

Em bases recorrentes, o lucro do segundo maior banco privado do país foi de 2,978 bilhões de reais no período, enquanto analistas consultados pela Reuters esperavam, em média, ganho de 3,02 bilhões de reais.

A instituição fechou o trimestre com carteira de crédito de 402,51 bilhões de reais, avanço de 10,3 por cento ante os 364,963 bilhões de reais registrados no mesmo intervalo do ano anterior.

O banco revisou para baixo projeções para 2013, ao reduzir a previsão de crescimento da carteira de crédito de 13 a 17 por cento para 11 a 15 por cento. A estimativa de margem financeira também foi reduzida, de 7 a 11 por cento para 4 a 8 por cento.

A receita com prestação de serviços, ao contrário, deve crescer mais do que esperado inicialmente em 2013.

A projeção para este indicador passou de crescimento de 9 por cento a 13 por cento para 12 por cento a 16 por cento.

*Atualizado às 07h30

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.