Bombardier abordou a Airbus sobre CSerias, diz fonte

A Bombardier abordou a Airbus sobre a venda de participação majoritária no projeto de desenvolvimento do jato CSeries, afirmaram fontes

Montrel/Washington/Paris - A Bombardier abordou a Airbus sobre a venda de participação majoritária no projeto de desenvolvimento do jato CSeries para tentar equilibrar suas finanças, afirmaram fontes familiarizadas com o assunto.

Sob a aliança proposta, a Airbus ajudaria a Bombardier a completar o desenvolvimento do CSeries em troca da participação de controle no programa. Caso se confirme, a proposta vai efetivamente encerrar os esforços independentes da companhia canadense para ingressar no mercado de aeronaves de 100 a 160 lugares, dominado por Airbus e Boeing.

Obstáculos significativos precisam ser eliminados antes da Airbus aceitar a oferta de investir na rival de menor porte.

"Há discussões em andamento, mas elas ainda são exploratórias. A administração de nenhuma das empresas tomou uma decisão", afirmou uma das fontes, que pediu para não ser identificada dada a sensibilidade do assunto.

Procuradas, Bombardier e Airbus confirmaram que mantiveram discussões sobre oportunidades de negócios, mas não detalharam a natureza das negociações.

Segundo as fontes, a Airbus receberia uma participação de controle sobre a nova aeronave da Bombardier, cujo desenvolvimento está anos atrasado e bilhões de dólares acima do orçamento, e uma parcela das receitas.

As fontes afirmaram ainda que as companhias provavelmente formariam um conselho separado para a gestão do CSeries e assinariam um acordo estratégico para comercializarem em conjunto o avião.

A Bombardier recebeu 243 encomendas para o CSeries, que alguns analistas afirmam que está preso em um segmento de mercado encolhendo e que está sendo disputado por fabricantes de jatos regionais menores e por modelos de 150 a 180 lugares. Airbus e Boeing têm encomendas combinadas de 7 mil aeronaves de médio alcance.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.