Negócios

ArcelorMittal e Vale competem por mina de carvão na Mongólia

Companhias competem para explorar a região oeste da mina,que possui reservas estimadas em 1,2 bilhões de toneladas de carvão

Uma das concorrentes sul-coreanas afirmou que o projeto requer investimento inicial de cerca de 7,3 bilhões de dólares (Divulgação)

Uma das concorrentes sul-coreanas afirmou que o projeto requer investimento inicial de cerca de 7,3 bilhões de dólares (Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 7 de março de 2011 às 11h51.

Seul/Pequim - A ArcelorMittal, a Vale e a Xstrata estão entre as seis companhias que irão concorrer a uma concessão para explorar a mina Tavan Tolgoi, na Mongólia, maior reserva mundial inexplorada de carvão metalúrgico, informou a Mongólia nesta segunda-feira.
A mineradora de carvão norte-americana Peabody, formada por um consórcio da empresa do setor energético Shenhua e a japonesa Mitsui & Co, assim como um outro consórcio de firmas japonesas, sul-coreanas e russas são as outras concorrentes, afirmou o Erdenes MGL, órgão governamental que controla a Tavan Tolgoi.

As companhias estão competindo para explorar a região oeste da mina, chamada Tsankhi, que possui reservas estimadas em 1,2 bilhões de toneladas de carvão e poderiam produzir 15 milhões de toneladas de carvão anualmente, ao longo de 30 anos.

Uma das concorrentes sul-coreanas afirmou que o projeto requer investimento inicial de cerca de 7,3 bilhões de dólares, e que a vencedora da concessão será anunciada no dia 30 de junho.

Mas o responsável mongol pelo gerenciamento das ofertas para o Erdenes MGL, Ch Batbaatar, afirmou que não há um prazo delimitado para escolher a vencedora. Também não há garantia de que o investimento será de 7,3 bilhões de dólares, disse ele por telefone.

Mineradoras estrangeiras e siderúrgicas estão competindo ansiosamente pelo direito de explorar a mina da Mongólia, país vizinho à China que possui vastas reservas de carvão e cobre.

Tavan Tolgoi possui reservas estimadas em 6 bilhões de toneladas de carvão, incluindo o maior depósito inexplorado de carvão metalúrgico.

Acompanhe tudo sobre:ArcelorMittalÁsiaEmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasIndústriaMineraçãoSiderurgiaSiderurgia e metalurgiaSiderúrgicasVale

Mais de Negócios

Em masterclass gratuita, Marcelo Cherto ensina o passo a passo para abrir uma franquia de sucesso

Vai um hambúrguer aí? Mania de Churrasco fatura R$ 114 milhões com lanches

Cauã Reymond, Deborah Secco e mais: ‘Netflix da publicidade' fatura R$70 mi levando famosos até PMEs

Dia dos Namorados: pequenas e médias empresas online faturam R$ 262,5 milhões na data, alta de 35%

Mais na Exame