Acompanhe:
seloNegócios

ArcelorMittal deve obter aprovação da UE para aquisição da Ilva

De acordo com fontes próximas à empresa, siderúrgica aceitou vender unidades em seis países para obter aval antitruste do bloco econômico

Modo escuro

Continua após a publicidade
ArcelorMittal: Comissão Europeia deve decidir sobre acordo com a siderúrgica até 23 de maio (Jean-Christophe Verhaegen/AFP)

ArcelorMittal: Comissão Europeia deve decidir sobre acordo com a siderúrgica até 23 de maio (Jean-Christophe Verhaegen/AFP)

R
Reuters

Publicado em 20 de abril de 2018 às, 19h10.

A ArcelorMittal, maior siderúrgica do mundo, está perto de obter aval antitruste da União Europeia para comprar a italiana Ilva, após aceitar vender vários ativos importantes na Europa, disseram duas fontes a par do assunto nesta sexta-feira.

A ArcelorMittal ofereceu vender sua única planta de aço galvanizado na Itália, bem como unidades na Romênia, Macedônia, República Tcheca, Luxemburgo e na Bélgica.

Fontes dizem que é um pacote de vendas muito maior do que o planejado inicialmente, já que a empresa se curvou às exigências regulatórias para compra da maior usina siderúrgica da Europa em capacidade. A usina de aço galvanizado na Itália, a fábrica de Piombino, por exemplo, fabrica 800 mil toneladas por ano.

O órgão regulador de concorrência da UE tem se preocupado com a possibilidade de o acordo reduzir a concorrência em alguns produtos planos de aço carbono e resultar em preços mais altos para os clientes no sul da Europa.

A Comissão Europeia, que deve decidir sobre o acordo até 23 de maio, e a ArcelorMittal se recusaram a comentar.

O centro de serviços siderúrgico S. Polo Lamiere disse que forneceu comentários da indústria sobre as concessões da ArcelorMittal à Comissão.

"O feedback global foi que essas soluções foram considerados suficientes pelas diferentes operadoras do mercado, então o feedback que a Comissão recebeu das partes interessadas foi positivo", disse o presidente-executivo da empresa, Tomasso Sandrini, à Reuters.

O tamanho das vendas provocou preocupações em alguns países onde as empresas a serem vendidas estão localizadas

O ministro da Economia de Luxemburgo, Etienne Schneider escreveu na segunda-feira à comissária europeia da Concorrência Margrethe Vestager, dizendo ser lamentável que os reguladores tenham exigido a venda de ativos pesadas de ArcelorMittal e que a Europa precisa de uma forte base industrial.

Vestager disse que se certificaria de que os compradores desses ativos tenham conhecimento e os recursos financeiros para continuar operando.

Últimas Notícias

Ver mais
UE multa Apple em € 1,8 bilhão por infringir normas de música em streaming
Tecnologia

UE multa Apple em € 1,8 bilhão por infringir normas de música em streaming

Há um dia

Após mortes em Gaza, UE descongela € 50 milhões em fundos para agência da ONU
Mundo

Após mortes em Gaza, UE descongela € 50 milhões em fundos para agência da ONU

Há 3 dias

UE vai analisar investimentos da Microsoft em Inteligência Artificial
Inteligência Artificial

UE vai analisar investimentos da Microsoft em Inteligência Artificial

Há 6 dias

Agricultores espanhóis bloqueiam estradas perto da fronteira com a França
EXAME Agro

Agricultores espanhóis bloqueiam estradas perto da fronteira com a França

Há 6 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais