Negócios

ArcelorMittal confirma investimento de US$ 1,2 bi em MG

Belo Horizonte - A direção da ArcelorMittal confirmou ontem a decisão de investir na duplicação da usina de aços longos de João Monlevade, no Quadrilátero Ferrífero, em Minas Gerais. O grupo siderúrgico, que é o maior do mundo, fará um aporte de US$ 1,2 bilhão para elevar a produção de aço bruto de 1,2 milhão […]

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 10 de outubro de 2010 às 03h46.

Belo Horizonte - A direção da ArcelorMittal confirmou ontem a decisão de investir na duplicação da usina de aços longos de João Monlevade, no Quadrilátero Ferrífero, em Minas Gerais. O grupo siderúrgico, que é o maior do mundo, fará um aporte de US$ 1,2 bilhão para elevar a produção de aço bruto de 1,2 milhão para 2,4 milhões de toneladas por ano.

Este é o primeiro grande investimento do grupo depois da crise financeira internacional de 2008. No pico das obras, que deverão durar 24 meses, a expansão empregará 6 mil pessoas. Cerca de 600 novos empregos diretos deverão ser criados na usina mineira.

A duplicação da produção em João Monlevade foi suspensa depois que a crise internacional comprometeu a demanda por aço. Para a direção da ArcelorMittal, o momento é de aquecimento do consumo de aços longos, com sinais claros de crescimento sustentável. A companhia aposta no aumento da demanda por fio-máquina, puxado sobretudo pela indústria automobilística.

A companhia informou ainda que estuda a possibilidade de investir em outra planta mineira, a de Juiz de Fora, que poderá ter a capacidade ampliada de 1 milhão para 1,2 milhão toneladas por ano. Em Juiz de Fora, a produção é de vergalhões, utilizados na construção civil. O grande aquecimento do setor no Brasil é o que justifica o estudo para ampliar também a produção na unidade.

Leia outras notícias sobre siderúrgicas

Acompanhe tudo sobre:América LatinaArcelorMittalDados de BrasilEmpresasIndústriaSiderurgiaSiderurgia e metalurgia

Mais de Negócios

Inteligência Artificial no Brasil: inovação, potencial e aplicações reais das novas tecnologias

Mundo sem cookies: as big techs estão se adequando a uma publicidade online com mais privacidade

Ligadona em você: veja o que aconteceu com a Arapuã, tradicional loja dos anos 1990

A empresa inglesa que inventou a retroescavadeira vai investir R$ 500 milhões no Brasil — veja onde

Mais na Exame