Negócios

ArcelorMittal cobre oferta de rival por Baffinland

Valor da oferta é maior que 550 milhões de dólares

Fábrica da ArcellorMittal: muita muniçãono caso de a batalha esquentar (Mark Renders/Getty Images)

Fábrica da ArcellorMittal: muita muniçãono caso de a batalha esquentar (Mark Renders/Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 31 de dezembro de 2010 às 13h58.

Paris - A ArcelorMittal elevou nesta sexta-feira a oferta para controlar a Baffinland Iron Mines, cobrindo a proposta da rival Nunavut Iron pelo vasto depósito de minério de ferro no Ártico Canadense, em um acordo no valor de 550 milhões de dólares.

As ações da Baffinland subiam 2 por cento, para mais de 1,45 dólares canadenses, acima da oferta melhorada da ArcelorMittal, que propôs 1,40 dólares canadenses por ação, sugerindo que alguns investidores esperam que a batalha de ofertas continue.

A ArcelorMittal tem bastante munição se a batalha esquentar: seu capital e equivalentes chegou a 3,5 bilhões de dólares no final de setembro.

Em disputa na luta de ofertas está o enorme depósito de minério de ferro da Baffinland na Ilha de Baffin, no território canadense de Nunavut, norte do país.

Estima-se que o depósito seja grande o suficiente para suprir todas as necessidades da Europa por muitos anos, embora desenvolver a mina de Mary River seja um desafio logístico e ambiental.

Para a ArcelorMittal, que pretende ser 80 por cento autossuficiente no estoque de minério de ferro, uma oferta bem sucedida significaria um acesso mais direto à matéria-prima -- questão importante por causa da oferta global reduzida e da forte demanda das fábricas de aço d

Acompanhe tudo sobre:ArcelorMittalEmpresasIndústriaNegociaçõesSiderurgiaSiderurgia e metalurgia

Mais de Negócios

Startup brasileira quer usar hemogramas e IA para acelerar diagnóstico do câncer de mama

A rota da KLM para transformar viagens em conexões inesquecíveis

Lembra dela? TecToy volta a apostar no mercado game e lança computador, acessórios e até jogos

Giovanna Antonelli, Caio Castro, Deborah Secco e mais: conheça franquias com sócios famosos

Mais na Exame