Aos 47 anos, ela criou empresa que fatura R$ 29 milhões com pigmentos para sobrancelha

Empreendedora, que chegou a dever R$ 500 mil, comanda empresa presente em 15 países
 (RB Kollors/Divulgação)
(RB Kollors/Divulgação)
I
Isabela Rovaroto

Publicado em 22/07/2022 às 17:34.

Última atualização em 22/07/2022 às 17:45.

Renata Barcelli tinha 47 anos quando produziu um pigmento para sobrancelhas que não existia no Brasil. Tudo começou quando Renata conheceu um profissional da Sérvia que lhe ensinou uma técnica de micropigmentação manual. Como não conseguia importar os produtos, por conta do alto preço, ela decidiu desenvolver seus próprios pigmentos. Hoje, sete anos depois, ela é dona da empresa de pigmentos RB Kollors, que faturou R$ 29 milhões em 2021.

No início de sua carreira na área de estética, além de sobrancelhas, a empreendedora de Sorocaba, interior de São Paulo, trabalhava com depilação, unhas, massagens e limpeza de pele, mas nem sempre as contas fechavam.

"Foi um processo bem difícil. Cheguei a vender trufas e lanches para complementar minha renda. As coisas só começaram a melhorar quando eu foquei em uma especialidade", conta.

Assine a newsletter EMPREENDA, a nova newsletter semanal da EXAME para quem faz acontecer nas empresas brasileiras

Quando começou a produzir os pigmentos, Renata já dava aulas para profissionais de sobrancelha e atendia no Laboratório das Sobrancelhas, espaço criado por ela em 2014. Suas alunas e clientes começaram a indicar o trabalho de Renata nas redes sociais.

Mesmo assim, antes de conseguir lucrar, Renata contraiu diversas dívidas. Na primeira produção industrial do pigmento, a empreendedora ficou devendo R$ 500 mil para seu fornecedor.

Para tentar contornar a situação, Renata concentrou seus esforços em vender os produtos para empresas do setor. Ela permitia que os clientes só a pagassem após revenderem os produtos.

"Eu ia aos eventos do mercado de beleza pelo Brasil e fechava negócios no consignado", conta.

A RBKollors é atualmente líder de mercado no Brasil e tem previsão de faturamento de 30 milhões para 2022. A empresa está presente em 15 países e conta com filial nos Estados Unidos e representantes comerciais em Portugal, Colômbia, Peru, Uruguai, Argentina, México, Indonésia, entre outros.

Em novembro, será inaugurado um prédio em Sorocaba onde a empreendedora vai reunir suas duas empresas e oferecer cursos e serviços.

“Este novo espaço foi feito para as profissionais que usam a marca e será dedicado ao Centro Técnico RBKollors, onde serão ministrados cursos, e ao Laboratório das Sobrancelhas, espaço focado em atendimentos de micropigmentação”, ressalta.

VEJA TAMBÉM:

Para atrair clientes mais jovens, Kopenhagen faz rebranding da marca e quer se tornar mais acessível
O negócio dele transforma moscas em comida de pet — e atraiu 37 investidores
Doctoralia compra healthtech de gestão de saúde e quer impactar 50 milhões de usuários