Amazon está a caminho de fazer 3,5 bilhões de entregas em 2019

Rede própria de entregas da empresa é considerada uma ameaça potencial de longo prazo à FedEx e à UPS

A Amazon afirmou na quinta-feira (19), que está a caminho de entregar 3,5 bilhões de encomendas de clientes no mundo este ano através de sua rede interna de entregas.

A Amazon, com sua crescente rede de aviões, caminhões e vans de entrega, é considerada uma ameaça potencial de longo prazo à FedEx e à UPS.

A FedEx há alguns meses encerrou seu relacionamento com a maior varejista online do mundo. A UPS segue entregando milhões de pacotes para a Amazon, que disse que agora lida com a entrega de cerca de metade de seus próprios pacotes ao redor do mundo.

Uma análise do Morgan Stanley da semana passada estimou que a unidade de logística da Amazon entregou cerca de 20% das encomendas da empresa em 2018 e cerca de 46% em 2019 até agosto.

A corretora estima que a rede de entregas da Amazon movimentará 6,5 bilhões de pacotes até 2022, mais que a UPS, com 5 bilhões, e a FedEx, com 3,4 bilhões de encomendas.

A Amazon disse que agora tem 150 estações de entrega nos EUA, empregando mais de 90 mil pessoas.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.