Agência de classificação coloca rating da Embraer em revisão para elevação

Moody's atribui medida ao acordo entre a brasileira e a Boeing para criar uma joint venture

A agência de classificação de risco Moody's colocou nesta sexta-feira o rating Ba1 da Embraer em revisão para elevação.

A Moody's atribui a medida ao acordo entre a Embraer e a Boeing para criar uma joint venture que vai concentrar as áreas de aviação comercial e serviços da Embraer.

A Boeing controlará a parceria com uma fatia de 80 por cento, enquanto a Embraer terá os 20 por cento restantes.

Segundo a agência, a alavancagem da Embraer cairá significativamente, enquanto a liquidez vai melhorar.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.