ADM reestrutura operações na Argentina e corta postos de trabalho

A volatilidade nos mercados globais de grãos tem impactado a empresa com sede em Chicago, que já se retirou do comércio de energia

Buenos Aires/Londres - A companhia do agronegócio Archer Daniels Midland está reestruturando suas operações na Argentina, uma decisão que inclui cortes de postos de trabalho, disseram três fontes do setor conhecimento do assunto.

A volatilidade nos mercados globais de grãos tem impactado a empresa com sede em Chicago, que já se retirou do comércio de energia e demitiu funcionários importantes nos últimos meses. Na quarta-feira, a empresa anunciou o fechamento de suas operações de trading na África do Sul.

A reestruturação ocorre em momento em que a ADM também enfrenta aumento da concorrência de grupos da China, como a Cofco, que tem tido uma expansão agressiva no comércio internacional de grãos.

No final de março, a ADM fechou a unidade de negociação de grãos Toepfer, na Argentina. "Havia sobreposições de funções entre ADM e Toepfer. Atividades que foram cortadas eram redundantes", disse uma fonte do setor em Buenos Aires.

Em 2002, a ADM adquiriu 80 por cento da empresa alemã Alfred C. Toepfer Internacional, comprando as ações remanescentes em 2014.

No ano em que a ADM terminou de adquirir a empresa alemã, aToepfer Argentina era a porção maior da companhia, com 85 funcionários.

No entanto, o número foi diminuindo ao longo do tempo até março, quando 15 postos foram eliminados.

Os 25 membros restantes vão ser transferidos para o novo escritório da ADM em Buenos Aires, disseram as fontes.

Procurada pela Reuters, a ADM não quis comentar o assunto.

Em fevereiro, a empresa relatou uma queda de 41 por cento no lucro líquido do quarto trimestre, para 424 milhões de dólares.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.