Negócios

Accor planeja corte de 100 milhões de euros em 2 anos

O plano foi anunciado em um momento no qual a maior empresa de hotéis da Europa em termos de número de quartos tenta alterar seu modelo de negócios


	A Accor tem vendido imóveis e aumentado o número de quartos que opera sob franquia e contratos de gestão
 (Loic Venance/AFP)

A Accor tem vendido imóveis e aumentado o número de quartos que opera sob franquia e contratos de gestão (Loic Venance/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 20 de fevereiro de 2013 às 09h37.

Paris - O grupo de hotéis francês Accor disse nesta quarta-feira que planeja obter 100 milhões de euros (US$ 134 milhões) em economias em dois anos, à medida que realiza uma revisão estratégica de projetos na Europa e reduz custos operacionais.

O plano foi anunciado em um momento no qual a Accor, a maior empresa de hotéis da Europa em termos de número de quartos, tenta alterar seu modelo de negócios em meio à deterioração das condições de negócios no sul da Europa e fortalecimento da concorrência.

A Accor tem vendido imóveis e aumentado o número de quartos que opera sob franquia e contratos de gestão, seguindo o exemplo de seus pares, incluindo Marriott International e Starwood Hotels & Resorts.

A transformação do modelo de negócios da Accor reduzirá a dívida líquida ajustada do grupo em 2 bilhões de euros até 2016, afirmou a Accor, o que poderá ajudar também a impulsionar o lucro antes de juros e impostos acima de 15% no mesmo ano.

A executiva-chefe da companhia, Sophie Stabile, afirmou que a Accor não decidiu ainda se o plano de cortes de custos incluirá cortes de empregos, e acrescentou que o grupo não espera que o Sul da Europa melhore durante neste ano. As informações são da Dow Jones.

Acompanhe tudo sobre:AccorEmpresasEmpresas francesasHotéisHotelaria

Mais de Negócios

Vem aí a terceira edição do Ranking EXAME Negócios em Expansão

Nos 30 anos do Real, Mercado Pago lança cédula celebrativa

Nas franquias de educação, 83% dos alunos estão na sala de aula (e não em aulas online)

Eles começaram do zero, viraram referência em franquias e revelam segredos para sucesso nos negócios

Mais na Exame