Negócios

6 executivos que foram “roubados” pela concorrência

Confira alguns casos de empresas que viram o adversário como a melhor fonte de talentos, e de como nem sempre isso deu certo

Facebook “rouba” Alexandre Hohagen do Google (Luis Ushirobira/Info)

Facebook “rouba” Alexandre Hohagen do Google (Luis Ushirobira/Info)

DR

Da Redação

Publicado em 21 de fevereiro de 2011 às 10h22.

Última atualização em 13 de setembro de 2016 às 16h36.

Acompanhe tudo sobre:Aviaçãocompanhias-aereasEmpresasEmpresas abertasEmpresas alemãsEmpresas americanasEmpresas brasileirasEmpresas de internetempresas-de-tecnologiaExecutivosFacebookgestao-de-negociosGM – General MotorsGol Linhas AéreasGoogleHPInternetMicrosoftMontadorasOracleOrkutRedes sociaisServiçosSetor de transporteTAMTecnologia da informaçãoVolkswagen

Mais de Negócios

A malharia gaúcha que está produzindo 1.000 cobertores por semana — todos para doar

Com novas taxas nos EUA e na mira da União Europeia, montadoras chinesas apostam no Brasil

De funcionária fabril, ela construiu um império de US$ 7,1 bilhões com telas de celular para a Apple

Os motivos que levaram a Polishop a pedir recuperação judicial com dívidas de R$ 352 milhões

Mais na Exame