Negócios

Hélio Magalhães, presidente do Citi, anuncia que deixará cargo

O executivo começou no banco em 1984 e, até 2001, ocupou diferentes posições, como executivo responsável por operações e por marketing

Hélio Magalhães: o executivo continuará trabalhando com a alta direção do banco no período de transição (Germano Lüders/Site Exame)

Hélio Magalhães: o executivo continuará trabalhando com a alta direção do banco no período de transição (Germano Lüders/Site Exame)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 13 de junho de 2017 às 09h47.

Última atualização em 13 de junho de 2017 às 09h48.

São Paulo - O presidente do Citi Brasil, Hélio Magalhães, anunciou nesta segunda-feira, 12, sua intenção de se aposentar do banco no fim do ano. O Citi informou que anunciará o novo presidente para o País nos próximos meses.

Magalhães começou no Citi em 1984 e, até 2001, ocupou diferentes posições, como executivo responsável por operações e por marketing. Ele trabalhou ainda por 11 anos na American Express, onde foi presidente no Brasil e no México, antes de retornar ao Citi, em 2012, para comandar a operação brasileira.

O executivo continuará trabalhando com a alta direção do banco no período de transição. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Acompanhe tudo sobre:CEOsCitiDemissões

Mais de Negócios

Inteligência Artificial no Brasil: inovação, potencial e aplicações reais das novas tecnologias

Mundo sem cookies: as big techs estão se adequando a uma publicidade online com mais privacidade

Ligadona em você: veja o que aconteceu com a Arapuã, tradicional loja dos anos 1990

A empresa inglesa que inventou a retroescavadeira vai investir R$ 500 milhões no Brasil — veja onde

Mais na Exame