Mundo

Trump leva multa de US$ 9 mil por desrespeitar ordem de juiz

Promotores de Manhattan afirmam que Trump e seus associados participaram de um esquema ilegal para influenciar a campanha presidencial de 2016

Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos (Jeenah Moon/AFP)

Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos (Jeenah Moon/AFP)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 30 de abril de 2024 às 11h35.

Última atualização em 30 de abril de 2024 às 11h40.

Tudo sobreEleições EUA 2024
Saiba mais

Um juiz de Nova York advertiu o ex-presidente americano Donald Trump que ele será preso se continuar violando uma ordem de silêncio em um dos casos judiciais que enfrenta, após condená-lo por desacato à corte.

Trump foi condenado por desacato ao tribunal nesta terça-feira, 30, e multado em US$ 9 mil por violar repetidamente uma ordem de silêncio que o impedia de fazer declarações públicas sobre testemunhas, jurados e outras pessoas ligadas ao caso de suborno.

A decisão do juiz Juan M. Merchan foi uma repreensão contundente para o ex-presidente republicano, que havia insistido que estava exercendo seu direito de liberdade de expressão.

A decisão foi tomada no início da segunda semana de depoimentos no caso. Os promotores de Manhattan afirmam que Trump e seus associados participaram de um esquema ilegal para influenciar a campanha presidencial de 2016, ocultando histórias negativas. Ele se declarou inocente. Trump foi acompanhado no tribunal por seu filho Eric, a primeira vez que um membro da família compareceu ao seu julgamento criminal.

Acompanhe tudo sobre:Donald TrumpEleições EUA 2024Estados Unidos (EUA)

Mais de Mundo

Cúpula suíça fala de paz na Ucrânia, reúne países do Sul Global e deixa Rússia de fora

Submarino nuclear russo chega a Cuba para celebração de relação diplomatica entre países

União Europeia vai impor tarifas de até 38% sobre carros elétricos chineses

Coreia do Norte é "camarada de armas" da Rússia, diz Kim Jong Un

Mais na Exame