Live icon 

Acompanhe ao vivo:  

Lula e Bolsonaro vão disputar o segundo turno Veja agora.

Prédio residencial desaba na Índia; 200 pessoas podem estar soterradas

Autoridades locais indicaram que até 200 pessoas podem estar soterradas na propriedade que contava com 47 apartamentos
Índia: uma pessoa morreu e dezenas podem estar sob os escombros de um prédio de cinco andares que desabou nesta segunda-feira (24) (AFP/AFP)
Índia: uma pessoa morreu e dezenas podem estar sob os escombros de um prédio de cinco andares que desabou nesta segunda-feira (24) (AFP/AFP)
A
AFP

Publicado em 24/08/2020 às 18:33.

Última atualização em 24/08/2020 às 18:36.

Uma pessoa morreu e dezenas podem estar sob os escombros de um prédio de cinco andares que desabou nesta segunda-feira (24) na cidade de Mahad, no oeste da Índia, anunciou a polícia.

Autoridades locais indicaram que até 200 pessoas podem estar soterradas na propriedade que contava com 47 apartamentos.

As causas do acidente são desconhecidas no momento, mas o colapso de edifícios é frequente na Índia durante a temporada das monções (junho a setembro). As fortes chuvas solapam as fundações dos edifícios e as enfraquecem.

A Força de Resposta a Desastres da Índia informou em nota que socorristas, incluindo equipes com cães farejadores, foram enviadas para o local do incidente.

O porta-voz da NDRF, Sachidanand Gawde, relatou à imprensa que as equipes recuperaram o corpo de uma vítima, enquanto a polícia de Mahad disse que temia que pelo menos 70 pessoas estivessem presas sob os escombros.

"Quinze pessoas feridas foram salvas e levadas para o hospital", acrescentou a polícia de Mahad, localizada 120 km ao sul de Mumbai, em nota.

Um legislador de Mahad, Bharat Gogawale, disse à televisão local TV9 Marathi que as primeiras estimativas indicam que "mais de 200 pessoas estão bloqueadas".

Imagens transmitidas pela televisão mostraram civis e policiais procurando por possíveis sobreviventes nos escombros.

O prédio tinha 10 anos e foi construído sobre fundações "fracas", disse um ex-parlamentar do Mahad, Manik Motiram Jagtap, à TV9 Marathi. "Desabou como um castelo de cartas. É uma situação horrível", acrescentou.

A monção desempenha um papel crucial para a agricultura no sul da Ásia. Mas também causa inúmeras mortes e destruição, como inundações e desabamentos de edifícios.

Em 2020, a monção já matou 1.200, incluindo 800 só na Índia.