Mundo

Nos EUA, Flórida se prepara para um possível furacão nesta semana

A previsão é de que o sistema se aproxime de partes das Bahamas e da costa da Flórida com a força de furacão entre quarta e quinta-feira

O governador do Estado, Ron DeSantis, alertou no domingo os moradores para que estivessem preparados (AFP/AFP)

O governador do Estado, Ron DeSantis, alertou no domingo os moradores para que estivessem preparados (AFP/AFP)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 7 de novembro de 2022 às 10h43.

Última atualização em 7 de novembro de 2022 às 11h22.

Um sistema climático que se forma no Oceano Atlântico ao norte de Porto Rico pode atingir a costa leste da Flórida como um furacão no fim desta semana, disse no domingo, 6, o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês). Segundo o centro a área de baixa pressão poderia se tornar uma tempestade tropical ou subtropical no início desta segunda-feira, 7.

A previsão é de que o sistema se aproxime de partes das Bahamas e da costa da Flórida com a força de furacão entre quarta e quinta-feira, cerca de seis semanas depois que o furacão Ian atingiu a costa e devastou partes do sudoeste da Flórida.

Assine a EXAME por menos de R$ 0,37/dia e acesse as notícias mais importantes do Brasil em tempo real.

O governador do Estado, Ron DeSantis, alertou no domingo os moradores para que estivessem preparados. "Aparentemente, a temporada de furacões ainda não terminou", disse o vice-diretor interino do NHC, Mike Brennan.

Segundo ele, a escala do sistema é muito grande, o que significa que provavelmente afetará uma área ampla, não importa para onde o centro da tempestade vá.

A expectativa é de que aeronaves caçadoras de furacões voem pelo sistema em desenvolvimento nesta segunda-feira para explorar melhor a sua formação.

Até o momento, as previsões indicam que a tempestade será significativamente mais fraca do que o Ian, que atingiu a Flórida como um poderoso furacão de categoria 4 e deixou cerca de 130 mortos.

"Independentemente do desenvolvimento, há um risco crescente de inundações costeiras, ventos com força de tempestade tropical, chuvas e ondas fortes e erosão nas praias ao longo de grande parte da costa sudeste dos Estados Unidos, da costa leste da Flórida e partes das regiões central e noroeste das Bahamas", disse o centro.

Embora o pico da temporada de furacões geralmente ocorra em meados de setembro, a temporada vai até novembro.

LEIA TAMBÉM:

Acompanhe tudo sobre:Estados Unidos (EUA)FlóridaFuracões

Mais de Mundo

Ataque aéreo de Israel a Rafah após novo ataque do Hamas deixa ao menos 35 mortos

Doze pessoas ficam feridas por conta de turbulência durante voo da Qatar Airways

Tornados e tempestades deixam ao menos 14 mortos no sul dos EUA

Arábia Saudita nomeia primeiro embaixador na Síria desde 2012

Mais na Exame