Acompanhe:

A unidade FinDreams Battery da BYD, na China, está planejando utilizar sua experiência em baterias para veículos elétricos para melhorar a segurança de bicicletas elétricas (e-bikes), anunciou a empresa após um incêndio fatal em Nanjing, que acredita-se ter sido iniciado por bicicletas elétricas em um prédio residencial na semana passada. A FinDreams pretende aplicar suas conquistas em pesquisa e desenvolvimento para criar baterias mais seguras para veículos de duas rodas, conforme anunciado pela subsidiária da concorrente da Tesla, com sede em Shenzhen.

O incêndio, que teve início em 23 de fevereiro em um depósito de bicicletas em um edifício alto no leste da China, resultou em 15 mortes e 44 feridos. Embora a causa específica ainda esteja sob investigação, preocupações sobre a segurança das e-bikes têm sido levantadas devido ao aumento dos incêndios relacionados a esses veículos. No ano passado, a China registrou 21.000 incêndios causados por e-bikes, um aumento de 17% em relação ao ano anterior, de acordo com a Administração Nacional de Bombeiros e Resgate. Em 2022, a taxa de crescimento foi ainda maior, alcançando 23%.

Vários fatores, como baterias de baixa qualidade, fiação antiga e sobrecarga, podem contribuir para o superaquecimento das baterias e, consequentemente, incêndios. A BYD, que começou a estudar células de íon-lítio em 1996, é uma veterana no setor e seus produtos são amplamente utilizados em uma variedade de aplicações, desde automóveis até eletrônicos de consumo e trânsito ferroviário. O compromisso da empresa em aprimorar a segurança das baterias de e-bikes é um passo significativo para mitigar os riscos associados a esses veículos populares nas ruas da China.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
GP da China de F1 2024: veja horários e onde assistir ao vivo
Esporte

GP da China de F1 2024: veja horários e onde assistir ao vivo

Há 18 horas

Importação de aço chinês bate recorde na América Latina e cresce pressão do setor por tarifas
Economia

Importação de aço chinês bate recorde na América Latina e cresce pressão do setor por tarifas

Há 19 horas

Maratonista chinês é suspeito de ter recebido ajuda para vencer prova; veja vídeo
Esporte

Maratonista chinês é suspeito de ter recebido ajuda para vencer prova; veja vídeo

Há 21 horas

Por que a China está priorizando contratar profissionais da geração Z?
seloCarreira

Por que a China está priorizando contratar profissionais da geração Z?

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais