Rainha Elizabeth II morre aos 96 anos

Segundo comunicado divulgado pelo Palácio de Buckingham, a rainha morreu "pacificamente" ao lado de seus familiares
Rainha: Elizabeth se tornou rainha aos 25 anos de idade, em 6 de fevereiro de 1952 (Dominic Lipinski/AFP)
Rainha: Elizabeth se tornou rainha aos 25 anos de idade, em 6 de fevereiro de 1952 (Dominic Lipinski/AFP)
D
Da Redação

Publicado em 08/09/2022 às 14:32.

Última atualização em 08/09/2022 às 15:44.

Após médicos demonstrarem preocupação com sua saúde, o governo britânico anunciou que a Rainha Elizabeth II, de 96 anos, faleceu nesta quinta-feira, 8, no Castelo Balmoral, na Escócia.

Segundo comunicado divulgado pelo Palácio de Buckingham, a rainha morreu "pacificamente" ao lado de seus familiares.

LEIA TAMBÉM:

Charles se torna novo rei do Reino Unido; veja seu primeiro pronunciamento

O que muda com a morte da rainha Elizabeth II?

Todos os filhos estavam no local, incluindo o príncipe Charles, o filho mais velho e herdeiro do trono. O príncipe William, irmão mais velho de Harry e segundo na linha de sucessão ao trono, também está em Balmoral ao lado da rainha, segundo as informações oficiais. 

Nascida Elizabeth Alexandra Mary, em 21 de abril de 1926, em Londres, a rainha esteve no cargo por 70 anos, sendo a mais longeva monarca do Reino Unido. Durante esse tempo, ela já conheceu mais de 6 papas, 12 primeiro-ministros do Reino Unido e assistiu a quase 20 Olimpíadas.

Elizabeth II se tornou rainha aos 25 anos de idade, em 6 de fevereiro de 1952, mesmo dia da morte de seu pai, o rei George VI, que faleceu de um câncer de pulmão. Sua coroação ocorreria quase um ano depois, em 1953.

Como Elizabeth virou rainha

Quando nasceu, Elizabeth tinha poucas chances de se tornar rainha: seu pai, George, era o irmão mais novo do primeiro na fila de sucessão, o príncipe Edward.

Mas o papel de Elizabeth mudaria em 1936, quando Edward (nomeado rei Edward VIII) abdicou do trono para se casar com uma mulher americana que era divorciada, movimento proibido na monarquia.

Assim, o pai de Elizabeth foi nomeado rei George VI e a então princesa, com somente 10 anos de idade e a mais velha das duas filhas do rei, se tornou a primeira na linha de sucessão.

Apesar disso, como mostram os registros da época, Elizabeth não esperava se tornar rainha tão cedo. A morte precoce do rei George VI, aos 56 anos com câncer de pulmão, pegou a todos de surpresa.

Na ocasião do falecimento, a então princesa Elizabeth e o marido, Philip, estavam em viagem para cumprir tarefas reais em países do chamado Commonwealth (organização que sucedeu o “Império Britânico” e então tinha mais de 50 colônias ou ex-colônias). Foi no Quênia que a agora rainha recebeu a notícia do falecimento do pai, dada por Philip.

Casamento com o príncipe Philip

A rainha Elizabeth também havia perdido o marido, príncipe Philip, há pouco mais de um ano, em abril de 2021. Philip morreu aos 99 anos de idade, e os dois eram casados desde 1947.

Príncipe grego e dinamarquês, cuja família foi expulsa do país quando ele tinha 18 meses, Philip esteve ao lado da rainha Elizabeth II durante todo o reinado. Os dois se conheceram pouco antes da Segunda Guerra Mundial (1939-45), quando Philip estava na Marinha.

Quem assume com a morte da rainha

O filho mais velha da rainha Elizabeth II, o príncipe Charles, é o primeiro na linha de sucessão, e se torna rei com a morte da monarca.

Pelo protocolo, Charles vira rei no mesmo dia, embora a cerimônia de coroação possa ainda demorar meses. No dia seguinte, Charles também deve fazer seu primeiro discurso oficial como rei.

LEIA TAMBÉM: 

Veja 15 momentos e imagens históricas do reinado de Elizabeth II

"O que é London Bridge is down": o plano do Reino Unido para a morte da Rainha Elizabeth