Acompanhe:

Magnata pró-democracia de Hong Kong Jimmy Lai recebe nova pena de prisão

O empresário de 75 anos tinha acabado de cumprir recentemente penas no total de 20 meses de prisão por sua participação em protestos e assembleias

Modo escuro

Continua após a publicidade
Jimmy Lai (em foto de dezembro de 2020) enfrenta outro julgamento por supostos crimes contra a segurança nacional, que podem levar a uma sentença de prisão perpétua. (AFP/AFP)

Jimmy Lai (em foto de dezembro de 2020) enfrenta outro julgamento por supostos crimes contra a segurança nacional, que podem levar a uma sentença de prisão perpétua. (AFP/AFP)

A
AFP

Publicado em 10 de dezembro de 2022 às, 10h19.

O magnata da mídia de Hong Kong Jimmy Lai, fundador do hoje fechado jornal pró-democracia Apple Daily, recebeu neste sábado (10) uma nova sentença de cinco anos e nove meses de prisão por uma acusação de fraude em uma disputa contratual.

O empresário de 75 anos, uma das personalidades mais conhecidas do movimento pró-democracia da cidade semiautônoma chinesa, tinha acabado de cumprir recentemente penas no total de 20 meses de prisão por sua participação em protestos e assembleias.

Também enfrenta uma possível pena de prisão perpétua em um julgamento próximo por acusações contra a segurança nacional.

Diferentemente das sentenças anteriores, vinculadas aos enormes protestos pró-democracia de 2019 na cidade, o último caso se deve a uma violação das condições do contrato do aluguel dos escritórios do jornal, agora fechado após uma operação policial.

Segundo o Ministério Público, uma empresa de consultoria de Jimmy Lai também usou o espaço da redação do jornal Apple Daily, embora o contrato de aluguel estipulasse que o propósito era exclusivo para atividades editoriais.

O juiz do distrito, Stanley Chan, considerou Lai e outro executivo do Apple Daily culpados de um esquema "planejado, organizado e de muitos anos", mas a duração da condenação não foi publicada até agora.

O magistrado o definiu como um "simples caso de fraude" e o desvinculou completamente da política ou da liberdade de expressão. "Não têm nenhuma conexão com a política", disse.

Os advogados da defesa tinham argumentado que o caso deveria ter tramitado por meio de uma denúncia civil e não penal, e ressaltaram que o espaço usado pela consultoria era mínimo.

Últimas Notícias

Ver mais
Zelenski diz que 31 mil soldados ucranianos morreram na guerra com a Rússia
Mundo

Zelenski diz que 31 mil soldados ucranianos morreram na guerra com a Rússia

Há 10 horas

Na Argentina, Milei ataca governadores, após ameaça de corte no fornecimento de petróleo e gás
Mundo

Na Argentina, Milei ataca governadores, após ameaça de corte no fornecimento de petróleo e gás

Há 11 horas

Centenas de pessoas fogem da fome no norte de Gaza: 'Nossa única esperança é a ajuda de Deus'
Mundo

Centenas de pessoas fogem da fome no norte de Gaza: 'Nossa única esperança é a ajuda de Deus'

Há 16 horas

Lula se volta à América Latina e terá encontro com Maduro
Mundo

Lula se volta à América Latina e terá encontro com Maduro

Há 17 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais