Hollande diz que acordo grego foi resultado de sua ação

O presidente francês comemorou o acordo e considerou que ele é resultado de uma negociação iniciada pelo seu país há seis meses

Paris - O presidente francês, François Hollande, comemorou nesta terça-feira o acordo sobre a dívida grega obtido na noite de segunda-feira entre o Eurogrupo e o FMI, e considerou que ele é "o resultado positivo de uma gestão iniciada pela França há seis meses".

"O presidente da República francesa comemora o acordo que acaba de ser alcançado entre o Eurogrupo e o FMI sobre a Grécia", indicou um comunicado do Palácio Presidencial do Eliseu.

"Este acordo coroa várias semanas de negociações e a votação pela Grécia de várias reformas difíceis e valentes. O mesmo permite devolver uma perspectiva aos diferentes sócios deste país, mas, sobretudo, entregar as ajudas prometidas ao povo grego depois dos esforços que foram pedidos", acrescentou o comunicado.

"Trata-se do resultado positivo de uma gestão iniciada pela França há seis meses para confirmar o enraizamento da Grécia na Eurozona", concluiu.

A Eurozona e o FMI chegaram na segunda-feira à noite a um acordo sobre os meios para reduzir a dívida grega e sobre a entrega de uma ajuda financeira vital para este país.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.