Governo americano critica propaganda com filhas de Obama

A propaganda da Associação Nacional do Rifle acusa o presidente Barack Obama de hipocrisia por usar escoltas armadas para proteger suas filhas

Washington - A Casa Branca classificou de repugnante e covarde um vídeo de propaganda feito pela Associação Nacional do Rifle (NRA, lobby de defesa do porte de armas) que acusa o presidente Barack Obama de hipocrisia por usar escoltas armadas para proteger suas filhas enquanto nega o mesmo direito aos outros estudantes.

"A maioria dos americanos concorda que os filhos de um presidente não devem ser usados como argumento em um debate político. Mas fazer que a segurança dos filhos do presidente seja alvo de um ataque é repugnante e covarde", afirmou o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney.

Em um vídeo de 35 segundos postado em seu site, a NRA chama Obama de "elitista hipócrita" por concordar que o Serviço Secreto proteja suas filhas, mas querer impedir que as escolas tenham guardas armados.

"As filhas do presidente são mais importantes que seus filhos", questiona o narrador da propaganda.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.