Contra coronavírus, Espanha estatiza hospitais privados

Estatização de hospitais e outros serviços de saúde vai durar enquanto a epidemia estiver em curso, afirmam autoridades da Espanha

A Espanha adotou uma medida drástica para tentar barrar a propagação do novo coronavírus e garantir que a população consiga receber atendimento médico adequado: vai estatizar todos os hospitais enquanto a epidemia durar.

No último domingo, 15, o país decretou estado de emergência em razão da epidemia da doença.

https://twitter.com/desdelamoncloa/status/1239563231431208961/photo/1

“Durante o período de epidemia de Covid-19, os cuidados com a saúde da população não podem ser atendidos adequadamente apenas com os recursos materiais e humanos em cada comunidade autônoma. Portanto, eles terão à disposição centros e estabelecimentos de saúde privados, seus funcionários, e as sociedades focadas em acidentes de trabalho”, dizem as autoridades.

A Espanha também afirmou que profissionais da saúde com menos de 70 anos de idade e que estejam aposentados devem se manter a postos para voltar ao trabalho, se necessário. Em 48 horas, todas as empresas particulares que atuem no setor da saúde devem se apresentar ao governo espanhol, assim como as empresas que tenham a capacidade de produzir produtos e equipamentos utilizados na saúde.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Europa é, hoje, o epicentro da pandemia de coronavírus. A Itália, por exemplo, tornou-se o segundo país mais afetado do mundo, depois da China, e já registra quase 30.000 casos da doença e mais de 1.000 mortes. A Espanha, por sua vez, é o quarto país mais afetado, com mais de 11.000 casos confirmados e quase 8.000 mortes.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.