Mundo

Cidades mais caras dos EUA têm aluguel médio de até R$ 20 mil; veja lista

Preço do aluguel nessas 15 cidades é alto e você precisa de um bom salário para viver confortavelmente

Nova York é uma das cidades mais caras do mundo para alugar uma casa (Leandro Fonseca/Exame)

Nova York é uma das cidades mais caras do mundo para alugar uma casa (Leandro Fonseca/Exame)

Fernando Olivieri
Fernando Olivieri

Redator na Exame

Publicado em 28 de maio de 2024 às 08h00.

Alugar uma casa em grandes cidades como São Francisco e Nova York, nos Estados Unidos, exige mais que o dobro do que a maioria dos americanos ganha, revela uma nova análise feita pela Moody’s Analytics e a CNBC. Com base nos custos médios de aluguel nas 15 áreas metropolitanas mais caras, a Moody's determinou a renda anual necessária para alugar "confortavelmente" qualquer tipo de casa. Alugar de forma confortável é definido como gastar apenas 30% da sua renda em moradia, conforme recomendado por especialistas financeiros.

Os preços dos aluguéis aumentaram quase 19% desde o início da pandemia de Covid-19 em março de 2020, de acordo com a Moody's. No entanto, os preços esfriaram recentemente devido a um boom na construção de unidades de aluguel, com preços médios praticamente iguais aos de um ano atrás. Com o aumento dos preços de casas e aluguéis, gastar apenas 30% da renda em moradia tornou-se cada vez mais irreal, especialmente nas maiores cidades dos EUA. No entanto, alguns dos custos mais altos são compensados por rendas médias que tendem a ser de US$ 10.000 a US$ 20.000 (R$ 51.500 a R$ 103.000) mais altas que a mediana americana nessas localidades.

Mudanças de hábito

Desde o início da pandemia, os EUA enfrentam um aumento significativo nos custos de aluguel. A alta demanda por moradias e a escassez de novas construções contribuíram para a elevação dos preços. Além disso, muitas pessoas se mudaram para cidades menores durante a pandemia, em busca de mais espaço e um custo de vida mais baixo, o que também pressionou o mercado imobiliário nessas áreas. Os estímulos econômicos e as taxas de juros baixas facilitaram o acesso a financiamentos, impulsionando a compra de imóveis e, consequentemente, a valorização dos aluguéis.

Com o aumento dos preços das casas, muitas pessoas que não conseguem comprar uma casa recorrem ao aluguel, elevando ainda mais a demanda. As grandes cidades, com suas oportunidades de emprego e infraestrutura robusta, continuam sendo pontos de atração, apesar dos altos custos de vida. À medida que os preços dos aluguéis continuam a subir, muitos inquilinos enfrentam desafios financeiros significativos.

A disparidade entre os salários e os custos de moradia torna difícil para muitas famílias economizar ou investir em outras áreas essenciais, como educação e saúde. Essa situação tem levado a um debate nacional sobre a necessidade de políticas de habitação mais acessíveis e sustentáveis.

Abaixo, a lista das 15 cidades mais caras para alugar nos EUA:

  1. Seattle

Aluguel médio: US$ 2,240 (R$ 11,536)

Renda necessária para viver confortavelmente: US$ 89,607 (R$ 461.480)

  1. Miami

Aluguel médio: US$2,241 (R$ 11.541)

Renda necessária para viver confortavelmente: US$ 89,658 (R$ 461,480)

  1. San Diego

Aluguel médio: US$ 2,355 (R$ 12,124)

Renda necessária para viver confortavelmente: US$ 94,201 (R$ 484,034)

  1. Los Angeles

Aluguel médio: US$ 2,376 (R$ 12,242)

Renda necessária para viver confortavelmente: US$ 95,038 (R$ 489,446)

  1. Santa Cruz-Watsonville, Califórnia

Aluguel médio: US$ 2,393 (R$ 12,320)

Renda necessária para viver confortavelmente: US$ 95,704 (R$ 493,377)

  1. Fairfield County, Connecticut

Aluguel médio: US$ 2,441 (R$ 12.569)

Renda necessária para viver confortavelmente: US$ 97,636 (R$ 502,928)

  1. Orange County, Califórnia

Aluguel médio: US$ 2,472 (R$ 12,719)

Renda necessária para viver confortavelmente: US$ 98,861 (R$ 508,634)

  1. Northern New Jersey

Aluguel médio: US$ 2,477 (R$ 12,749)

Renda necessária para viver confortavelmente: US$ 99,084 (R$ 510,673)

  1. Long Island, Nova York

Aluguel médio: US$ 2,521 (R$ 12.995)

Renda necessária para viver confortavelmente: US$ 100,857 (R$ 519.418)

  1. Oakland-East Bay, Califórnia

Aluguel médio: US$ 2,659 (R$ 13.687)

Renda necessária para viver confortavelmente: US$ 106,377 (R$ 547,342)

  1. Boston

Aluguel médio: US$ 2,938 (R$ 15,125)

Renda necessária para viver confortavelmente: US$ 117,517 (R$ 605,207)

  1. Westchester, Nova York

Aluguel médio: US$ 2,945 (R$ 15,168)

Renda necessária para viver confortavelmente: US$ 117,804 (R$ 606,593)

  1. San Jose

Aluguel médio: US$ 3,012 (R$ 15,621)

Renda necessária para viver confortavelmente: US$120,486 (R$ 620,505)

  1. San Francisco

Aluguel médio: US$ 3,139 (R$ 16,172)

Renda necessária para viver confortavelmente: US$ 125,545 (R$ 646,057)

  1. Nova York

Aluguel médio: US$ 4,122 (R$ 21,233)

Renda necessária para viver confortavelmente: US$164,870 (R$ 849,680)

Acompanhe tudo sobre:Estados Unidos (EUA)Nova YorkMercado imobiliário

Mais de Mundo

Putin diz que Coreia do Norte 'apoia firmemente' sua operação na Ucrânia

Joe Biden simplifica regularização de ao menos 500 mil migrantes

Quem é Jordan Bardella, o líder da extrema-direita que desafia Macron?

Corrida nuclear: EUA concentram 80% dos gastos, e China tem arsenal 'pronto para uso' pela 1ª vez

Mais na Exame